INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Lideranças dizem que novo nome para Ministério da Economia “acalmaria o mercado”

Nesta quinta-feira (10) o próximo presidente Luiz Inácio Lula da Silva, do partido dos trabalhadores discursou criticando a “estabilidade fiscal” e sobre ter meta de inflação e não para o crescimento do PIB, além de anunciar a divulgação do texto da PEC da Transição. Tais anúncios só fizeram aumentar a pressão para que Lula divulgue o mais rapidamente o nome do próximo responsável pela pasta do ministério da economia.

O que pensa os integrantes da Transição e lideranças:

Os líderes do Congresso e integrantes da equipe de transição julgam que a indicação de nome do futuro ministro traria uma certa calmaria. O senador Marcelo Castro (MDB-PI) que é o relator-geral do Orçamento, afirma que assinalação de nome que ficará a frente da Economia e Fazenda significaria “sinal importante para o mercado”, mas que não é o mais urgente no atual cenário O fundamental é aprovar a PEC, há um clamor para que seja indicado um nome logo, mas ele precisa mais ser bem indicado do que indicado com urgência, não pode errar”, disse. 

Castro é favorável à PEC da Transição no valor de R$175 bilhões o que extrapola o teto de gastos, ainda defende pacto com pessoas em insegurança alimentar “a sociedade brasileira precisa fazer um pacto de que o dinheiro das pessoas passando fome é fora do teto” afirmou Castro.


Equipe de Transição (Reprodução/Site Senado Pedro França/Agência Senado)


Questionador e crítico da proposta além de integrante da transição, Renan Calheiros (MDB-AL) reivindica que Lula cite o nome do novo ministro da Economia, além do nome para o ministério da Defesa e do coordenador da articulação política, para “acalmar o mercado”. Calheiros entende que o que “apavora” o mercado é a hipotética possibilidade de aliança com o Centrão para conseguir a aprovação a PEC, Calheiros ainda sugere que ocorra fiscalização por parte do Congresso o que ele caracteriza como “necessário reequilíbrio fiscal” para o país.

As falas do presidente eleito não foram bem recebidas pelo mercado financeiro a moeda americana dólar (comercial) na  na sessão de quinta-feira, fechou em forte alta de 4,14%, cotado a R$ 5,397, já a bolsa finalizou o dia em queda de 3,35%.

 

Foto destaque: Lula em discurso. Reprodução: Site Senado – Roque de Sá/Agência Senado

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

doze − três =

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...

Reality

A final de A Fazenda 15 vai acontecer na quinta-feira (21). Quatro integrantes estão na disputa pelo prêmio de um milhão e meio de...