INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Mãe de Daniel Alves pode ser investigada após expor vítima de estupro

Mãe de Daniel Alves pode ser investigada após expor vítima de estupro

Na última quarta-feira (3), a União Brasileira de Mulheres (UBM) entregou oficialmente ao Ministério Público Federal um pedido de investigação criminal contra Maria Lucia Alves, mãe do jogador Daniel Alves que está preso na Espanha, acusado de estupro. 

 

Exposição da vítima

No último sábado (30), a mãe do jogador fez uma publicação em suas redes sociais expondo a suposta identidade da mulher que acusa Daniel de estupro. No vídeo divulgado por ela, a vítima aparece se divertindo com amigas em festas nos últimos meses. Maria Lucia ataca a mulher, questionando o sofrimento da vítima e o pedido de indenização após o abuso.

Até o momento, a identidade da jovem estava sendo mantida em sigilo por uma determinação da justiça da Espanha, onde ocorre o processo.

Segundo a UBM, o ato da mãe de Daniel viola tratados internacionais de direitos humanos, além de ferir a dignidade da vítima em questão e de milhares de outras mulheres que também foram vítimas de estupro.

Ainda segundo a entidade, Lucia teria cometido o crime de violência psicológica contra a mulher, que consta no artigo 147-b do Código Penal Brasileiro. Ele se refere a ações que geram dano emocional à mulher, que prejudiquem seu desenvolvimento ou causem humilhação, constrangimento ou qualquer maneira de prejuízo à saúde mental da mulher.


Publicação UBM

Publicação feita pela União Brasileira de Mulheres (Foto: reprodução/Instagram/@ubmbrasil/@vanjaandrea.ubm)


Com o pedido de investigação, a União Brasileira de Mulheres tem a intenção de conseguir que a publicação que expõe a jovem seja deletada das redes sociais o mais rápido possível, já que as imagens estão ganhando repercussão internacional.

Se investigada e condenada, Lucia Alves terá que pagar uma multa e pode chegar a cumprir de seis meses a dois anos de prisão. 

 

O crime

Em 30 de dezembro de 2022, o jogador Daniel Alves estuprou a jovem de 23 anos no banheiro de uma boate em Barcelona, na Espanha. Pelas câmeras de segurança da casa noturna, foi possível confirmar que o jogador seguiu a vítima até o banheiro. Após o ocorrido, a jovem teria acionado a polícia local, que chegou ao estabelecimento mas não encontrou Daniel. 

Em 10 de janeiro de 2023, a Suprema Corte da Catalunha aceitou a denúncia contra Daniel por susposto crime de agressão sexual. Durante a investigação, Alves teria dado diferentes versões do caso, se contradizendo em diversos depoimentos. 

Em sua primeira versão, o brasileiro negou qualquer tipo de relação com a vítima. Já durante a primeira audiência, afirmou ter tido relações consensuais com a jovem. A vítima fez exames após o abuso e os testes confirmaram a presença de DNA de Alves.

Desde então, Daniel permanece preso sem direito a fiança. Segundo a juíza do caso, existem provas suficientes para a condenação do ex-jogador, que aguarda pelo julgamento que acontecerá dia 5 de fevereiro. 

 

Foto destaque: Maria Lúcia Alves e Daniel Alves (Reprodução/Instagram/@danialves)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...