INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Moraes recusa pedido de reativação das redes sociais de Carla Zambelli

A defesa da deputada federal Carla Zambelli (PL-SP) solicitou a de reconsideração da decisão que bloqueou as redes sociais da parlamentar bolsonarista. Os perfis de Zambelli no Instagram, Facebook, Twitter, Telegram, Youtube, TikTok, Gettr, Whatsapp e LinkedIN foram suspensos após determinação do TSE no dia 1º de novembro. O presidente do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), Alexandre de Moraes, negou o pedido feito pela defesa da deputada federal.

Segundo a decisão judicial, Zambelli pediu que “os generais de quatro estrelas tomem medidas para fazer valer a incidência do art. 142 da Constituição Federal, sob o argumento de que o processo eleitoral foi fraudado”. Os trechos da decisão foram publicados no jornal Folha de S.Paulo. O ministro Alexandre de Moraes determinou uma mult ano valor de R$ 20 mil em caso de reincidência na publicação de mensagens contra a Justiça Eleitoral ou o Estado Democrático de Direito. O valor seria descontado de forma compulsória dos rendimentos da Parlamentar perante a Câmara dos Deputados.


<blockquote class=”twitter-tweet”><p lang=”pt” dir=”ltr”>Moraes nega pedido da defesa para reativação das redes sociais de Carla Zambelli <a href=”https://t.co/VVaqwpDLQF”>https://t.co/VVaqwpDLQF</a></p>&mdash; Brasil 247 (@brasil247) <a href=”https://twitter.com/brasil247/status/1599868563048697856?ref_src=twsrc%5Etfw”>December 5, 2022</a></blockquote> <script async src=”https://platform.twitter.com/widgets.js” charset=”utf-8″></script>

Moraes nega pedido de reativação das redes sociais de Zambelli (Reprodução/Twitter)


“Vê-se, assim, que, mesmo sem as redes sociais, a requerente insiste em incentivar atos antidemocráticos em apologia ao crime contra a democracia e utiliza-se, ainda, de seguidores para disseminar informação falsa. Por essa razão, não há como ser deferida a pretensão de reativação das redes sociais da requerente porque a finalidade dela é de desestabilizar as instituições e pugnar por ato criminoso, atitude que passa ao largo do direito que invoca de utilização das referidas redes para comunicação com seus eleitores”, afirmou Moraes.

Já a Deputada, por meio da sua  sua assessoria de imprensa, considera que a decisão é “monocrática”, ou seja, foi aprovada somente pelo presidente do TSE.

“Bom, como a gente nunca sabe como o Alexandre de Moraes vai interpretar os nossos vídeos, esse provavelmente é o último vídeo que eu faço para vocês até que essa situação se reverta de alguma maneira”, afirmou Zambelli.

“Além disso, ele mandou bloquear contas aleatórias de apoiadores, pessoas, cidadãos que divulgaram vídeos meus. Ou seja, mais um motivo para eu não publicar e não divulgar vídeos meus porque essas pessoas correm o risco de terem suas contas bloqueadas. Realmente, ele conseguiu. Conseguiu, praticamente, calar uma deputada. Uma deputada mulher, mais votada do Brasil”. Complementou a deputada.

 

Foto destaque: Carla Zambelli na Câmara dos Deputados. Reprodução/CNN Brasil

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...