INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Mudanças no Sisu: processo seletivo será anual a partir de 2024

Mudanças no Sisu: processo seletivo será anual a partir de 2024

O Ministério da Educação (MEC) anunciou uma significativa alteração no Sistema de Seleção Unificada (Sisu), programa que utiliza as notas do Exame Nacional do Ensino Médio (Enem) para o ingresso em universidades públicas. A partir de 2024, o Sisu terá apenas uma edição por ano, realizada no período de janeiro/fevereiro.

A inscrição para o Sisu 2024 seguirá o padrão anterior, utilizando as notas do Enem 2023. Os candidatos terão uma semana para realizar a inscrição e devem selecionar duas opções de curso. Durante o período de inscrição, as notas de corte, que consideram o número de interessados, as notas dos candidatos e a quantidade de vagas, serão divulgadas diariamente. Essas notas auxiliam os estudantes a avaliarem suas chances de ingresso e a fazerem ajustes em suas escolhas de curso.


Mudanças no Sisu: processo seletivo será anual a partir de 2024

Única edição será realizada no período de janeiro ou fevereiro. (Foto: Reprodução/ Jornal da Paraíba)


Mudança no processo

Tradicionalmente, o Sisu realizava duas edições a cada ano, uma no início e outra no meio do ano. No entanto, a decisão de reduzir para uma única edição anual visa abordar questões relacionadas a altos índices de desistência e a existência de vagas remanescentes nas edições do meio do ano.

Segundo fontes ligadas ao MEC, a mudança não significa a eliminação completa da edição do meio do ano, mas sim uma adaptação do processo. A proposta é organizar um processo mais simples no meio do ano, focado em possíveis mudanças de curso, sem a abertura de novas vagas. Uma novidade é a proposta de um processo mais simplificado no meio do ano, destinado àqueles que desejam realizar mudanças de curso. No entanto, não serão oferecidas novas vagas nesse período.

Recomendações 

A recomendação aos candidatos é que acompanhem de perto as notas de corte dos cursos e sua classificação parcial ao longo do período de inscrição. Isso permitirá uma tomada de decisão informada sobre a escolha do curso, considerando as regras específicas de cada universidade, como notas mínimas exigidas e regulamentos para cotas sociais.

Com essa mudança, o MEC busca otimizar o processo seletivo do Sisu, tornando-o mais eficiente e alinhado às necessidades dos candidatos e das instituições de ensino superior participantes. A decisão oficial do MEC será publicada no Diário Oficial da União (DOU) ainda nesta semana, contendo todos os detalhes e cronogramas para a implementação das mudanças a partir de 2024.

Foto destaque: Sisu. Reprodução/ Foco no Enem. 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...