INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

PF afirma que Bolsonaro não esteve em Duque de Caxias na data da suposta aplicação de vacina

PF afirma que Bolsonaro não esteve em Duque de Caxias na data da suposta aplicação de vacina

Segundo registros do Centro Municipal de Saúde de Duque de Caxias, o ex-presidente Jair Messias Bolsonaro teria recebido a primeira dose da vacina em 13 de agosto de 2022 e a segunda dose em 14 de outubro do mesmo ano.Os investigadores estão chamando a atenção para o período de tempo entre a aplicação das supostas doses da vacina contra a Covid-19 em Jair Bolsonaro e a inclusão das informações no sistema, que parece ser considerável.


PF afirma que Bolsonaro não esteve em Duque de Caxias na data da suposta aplicação de vacina

PF afirma que Bolsonaro não esteve em Duque de Caxias ( Foto: Reprodução/ Agência Brasil)


Conforme consta nos registros do Centro Municipal de Saúde de Duque de Caxias, Jair Bolsonaro teria sido vacinado com a primeira dose em 13 de agosto de 2022 e com a segunda dose em 14 de outubro do mesmo ano.

No entanto, o registro das doses da vacina contra a Covid-19 recebidas por Jair Bolsonaro só foi inserido no sistema em 21 de dezembro, pelo secretário municipal de Governo de Duque de Caxias, João Carlos de Souza Brecha, que acabou sendo preso durante a operação realizada na última quarta-feira (3).

As duas doses da vacina foram inseridas no sistema em questão de segundos, mas chamou a atenção dos investigadores o fato de que a exclusão desses registros ocorreu seis dias depois, realizada pela servidora pública Claudia Helena Costa Rodrigues da Silva, do Município de Duque de Caxias. A justificativa para a exclusão apresentada no sistema foi um “erro”.

O inquérito conduzido pela Polícia Federal aponta que é improvável que Jair Bolsonaro estivesse presente em Duque de Caxias para receber as duas doses da vacina contra a Covid-19, mesmo que o sistema de registro do município indique que ele teria sido vacinado. Bolsonaro negou ter recebido as doses da vacina.

Na quarta-feira (3), a Operação Venire cumpriu seis mandados de prisão preventiva e 16 de busca e apreensão. A PF investiga uma organização criminosa suspeita de falsificar informações de vacinação contra a Covid-19 nos sistemas do Ministério da Saúde.

Foto destaque: O ex-presidente Jair Bolsonaro após depoimento à PF – Foto: Marcelo Camargo/Agência Brasil

 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...