INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Pré-candidatos republicanos fazem críticas a Trump

Alguns dos pré-candidatos à presidência dos Estados Unidos se manifestaram nesta terça-feira (01) sobre a mais recente acusação contra Donald Trump, seu principal rival na corrida pela indicação do Partido Republicano. A maioria deles criticou o ex-presidente, acusando-o de estimular atentados contra a democracia.

Mais uma plêmica sobre o Trump

O ex-vice-presidente Mike Pence, que fez parte da chapa vencedora com Trump em 2016, foi enfático em sua declaração: “A acusação de hoje é um lembrete importante de que ninguém deve se colocar acima da Constituição para ser presidente dos Estados Unidos“, afirmou em comunicado.

Em 6 de janeiro, o ex-presidente Trump me pediu para escolher entre ele e a Constituição. Escolhi a Constituição e sempre o farei“, concluiu.


Trump ex- presidente dos Estados Unidos (Foto: reprodução/G1)


Asa Hutchinson também expressou sua posição através de um comunicado: “Sempre afirmei que Donald Trump é moralmente responsável pelo ataque à nossa democracia. Agora, nosso sistema de Justiça determinará se ele é criminalmente responsável. A última acusação reforça meu pedido anterior para que Donald Trump desista de sua candidatura pelo bem do país. Caso contrário, os eleitores devem escolher um caminho diferente“.

Trump vai tentar se candidatar para não ir preso

Outro pré-candidato que se manifestou foi Will Hurd: “Deixe-me ser claro: a candidatura presidencial de Trump é uma tentativa de evitar a prisão e fazer seus apoiadores pagarem suas contas legais. Além disso, sua negação dos resultados das eleições de 2020 e suas ações em 6 de janeiro mostram que ele não está apto para o cargo“.

O principal rival de Trump na corrida republicana, o governador da Flórida Ron DeSantis, adotou uma postura mais evasiva e focada em questões estruturais, prometendo reformar o Departamento de Justiça se eleito: “Como presidente, encerrarei o uso político das agências governamentais, substituirei o diretor do FBI e garantir um padrão único de justiça para todos os americanos. Embora tenha visto relatos sobre a acusação, ainda não li. No entanto, acredito que precisamos de reformas para que os americanos tenham o direito de remover casos de Washington, DC para seus distritos de origem“.

Em contraste com os outros candidatos, Vivek Ramaswamy reiterou seu compromisso de perdoar Trump se for eleito presidente: “A polícia federal corrupta não vai parar até cumprir sua missão: eliminar Trump. Isso é antiamericano, e me comprometo a perdoar Trump por esta acusação. Donald Trump não é responsável pelo que aconteceu em 6 de janeiro. A verdadeira causa foi a censura sistemática e generalizada dos cidadãos no ano anterior“.

Atualmente, Trump tem 77 anos e presidiu os Estados Unidos entre 2017 e 2020.

 

Foto Destaque: Mike Pence disse que teve de escolher entre Trump e a Constituição. Reprodução/Kit Maher

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

onze + 13 =

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...

Reality

A final de A Fazenda 15 vai acontecer na quinta-feira (21). Quatro integrantes estão na disputa pelo prêmio de um milhão e meio de...