INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Presidente Lula diz que Lei de Acesso à informação foi “estuprada”, durante anúncio de medidas de transparência

Nesta terça-feira (16), o Governo Federal anunciou um pacote de medidas de fortalecimento da Lei de Acesso à Informação (LAI). O presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) assinou três decretos que estão relacionados ao tema, no Instituto Serzedello Corrêa, em Brasília, durante um evento promovido pela Controladoria-Geral da União (CGU).

Em seu discurso, Lula se refere à Lei de Acesso à Informação e menciona o dia de combate à violência contra crianças e adolescentes. “Por isso, não poderia faltar nesse dia de hoje num ato em que a gente veio reforçar e defender uma criança de apenas 11 anos que é a Lei de Acesso à Informação, que foi estuprada há pouco tempo atrás, e que nós estamos hoje recuperando para que o povo brasileiro veja essa criança se transformar em adulto e viver pro resto da vida exigindo que esse país seja cada vez mais sério no trato da coisa pública”, disse o presidente.

Além disso, Lula ainda destaca o trabalho da Controladoria-Geral da União (GCU) no quesito de fortalecimento da transparência do poder público.


Prédio da Controladoria Geral da União (CGU). Foto: Reprodução


“Quase 35 anos após a promulgação da Constituição de 1988, ainda nos deparamos com as sombras do passado, com pessoas que acham que o Estado pertence a uma elite dissociada da sociedade, com autoridades que acham que não devem prestar contas a ninguém. Mas a verdade é que sem transparência não há democracia. E o acesso à informação, como um direito fundamental previsto em nossa Constituição, precisa estar cada vez mais presente na vida de cada cidadão e na cultura de cada agente público”, afirma.

 A cerimônia de lançamento das medidas de transparência contou com a participação de Vinicius de Carvalho, ministro da CGU, que comentou sobre as medidas tomadas pela gestão de Bolsonaro durante o período eleitoral. As possíveis alterações no cartão de vacinação do ex-presidente e membros que eram próximos a ele também foram mencionadas. “A mudança ocorreu em 31 de outubro quando começamos, na transição, a sair da cultura do segredo para a transparência. Desde o início do ano, nós passamos a rever os sigilos decretados no governo anterior”, disse o ministro.

Lula ressaltou a importância de uma agenda de transparência e acesso à informação e também mencionou seu antecessor, Jair Bolsonaro. “O sigilo de 100 anos- algo que deveria ser uma exceção, para proteger justificados interesses do Estado ou os direitos fundamentais do cidadão- foi banalizado e profanado. Tentaram deixar a sociedade às cegas, justamente no momento em que seu olhar era tão necessário para conter a sanha autoritária de quem estava no poder”, disse.  

Foto destaque: Presidente Lula. Reprodução/Folha-UOL

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...