INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Recurso de Nelson Piquet em processo de racismo é negado e multa se mantém

O recurso de Nelson Piquet, lendário piloto brasileiro tricampeão da Fórmula 1, contra a condenação por racismo e homofobia contra o piloto inglês Lewis Hamilton foi negado pelo Tribunal de Justiça do Distrito Federal (TJDF). Piquet foi condenado em março deste ano após o acontecimento de 2022 e deve pagar uma multa de 5 milhões de reais.

As ofensas ocorreram durante uma entrevista em que Piquet chama Hamilton de “neguinho”, também chamando ele e outros dois pilotos (Keke e Nico Rosberg) de “bicha” – o que causou a indenização por danos morais coletivos. Apesar de ter sido publicada na quinta-feira (01), a decisão foi despachada no final de maio, pela juíza Thaissa de Moura Guimarães, que desconsiderou os argumentos da defesa de que havia “omissão” e “contradição” na decisão.

A ação foi movida por órgãos de direitos humanos e de defesa de minorias, como a Educafro, Centro Santo Dias, Aliança Nacional LGBTI+ e Associação Brasileira de Famílias Homotransafetivas, sob argumento de dano moral coletivo e dano social contra a comunidade negra e LGBTQIA+, que inicialmente pedia 10 milhões de reais. A sentença foi dada por Pedro Matos de Arruda, juiz da 20ª Vara Cível de Brasília, que diminuiu a pedida para 5 milhões.


<blockquote class=”twitter-tweet”><p lang=”pt” dir=”ltr”>Nelson Piquet usa termo racista ao comentar acidente de Hamilton com Verstappen; assista <a href=”https://t.co/VS7hNBCyYU”>https://t.co/VS7hNBCyYU</a> -via <a href=”https://twitter.com/EstadaoEsporte?ref_src=twsrc%5Etfw”>@EstadaoEsporte</a> <a href=”https://t.co/qfPuSnc9mb”>pic.twitter.com/qfPuSnc9mb</a></p>&mdash; Estadão (@Estadao) <a href=”https://twitter.com/Estadao/status/1541426121022918657?ref_src=twsrc%5Etfw”>June 27, 2022</a></blockquote> <script async src=”https://platform.twitter.com/widgets.js” charset=”utf-8″></script>

Vídeo no qual Piquet utiliza termos ofensivos. (Vídeo: Reprodução/Twitter/@EstadaoEsporte)


As acusações de racismo e homofobia ocorreram após um vídeo circular nas redes sociais durante 2022, em que Piquet discute de forma descontraída com um apresentador sobre uma corrida em que Hamilton supostamente “fechou” o adversário e impediu sua passagem. O entrevistador comparou a ação com uma de Senna feita em uma corrida e Piquet o repreendeu: “o neguinho meteu o carro e não deixou. O Senna não fez isso. O Senna saiu reto. O neguinho meteu o carro e não deixou. O neguinho deixou o carro porque não tinha como passar dois carros naquela curva. Ele fez de sacanagem.” Na mesma entrevista, Piquet falou sobre Keke Rosberg e seu filho, Nico: “o Keke? Era um bosta, não tinha valor nenhum. É que nem o filho dele. Ganhou um campeonato. O neguinho devia estar dando mais c* naquela época, aí estava meio ruim”.

 

Foto destaque: Nelson Piquet. Reprodução/XPB.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

4 + 14 =

Advertisement

News