INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Reino Unido se diz capaz de fornecer mísseis de longo alcance à Ucrânia para combater tropas russas

O Reino Unido se tornou o primeiro país a fornecer mísseis de longo alcance à Ucrânia, anunciou nesta quinta-feira (11), o ministro da Defesa britânico, Ben Wallace. Os mísseis do cruzeiro Storn Shadow têm alcance superior a 250 quilômetros, mais que qualquer outra arma fornecida a Kiev pelos países ocidentais, a fim de ajudar na resistência contra invasão russa. “A doação desses sistemas de armas dá à Ucrânia a melhor hipótese de se defender contra a brutalidade da Rússia”, disse o ministro Ben Wallace.


Zelensky, presidente da Ucrânia. (Reprodução: Freepik)


Ele explicou ainda que os mísseis “permitirão à Ucrânia repelir as forças russas baseadas no território soberano da Ucrânia”, ressaltou o ministro. No entanto, o ministro não explicou se impôs alguma limitação ao uso destes mísseis. O armamento deverá ser utilizado numa forte contra ofensiva que tem a ser preparada por Kiev.

A Ucrânia já pede há meses mísseis de longo alcance, no entanto, o apoio pelo Reino Unido e Estados Unidos, ambos aliados, estava limitado a armas de curto alcance. O ministro da defesa ainda falou no Parlamento que “Simplesmente não vamos ficar parados enquanto Rússia mata civis”. No Kremlin, a reação tem sido negativa. O porta-voz do presidente russo, Dmitri Peskov, disse que “O Kremlin está a avaliar o fornecimento dos Storm Shadows de forma muito negativa. Isto vai exigir uma resposta adequada por parte das forças militares que, claro, vão tomar as decisões apropriadas de um ponto de vista militar”, disse.

Mas, numa entrevista à BBC, divulgada nesta quinta-feira (11), Zelensky, falou que precisa de um tempo a mais para uma contraofensiva. Na ocasião, disse que acha “inaceitável”. Disse Zelensky: “Com o que temos, poderíamos já seguir em frente e ter sucesso. Mas perderíamos muitas pessoas. Acho isso inaceitável. Portanto, temos de esperar. Ainda precisamos de um pouco mais de tempo”, admitiu o presidente da Ucrânia.

O míssil Storn Shadow, desenvolvido em conjunto pelo Reino Unido e por França é lançado a partir do ar. Estes mísseis poderão atuar em conjunto com os mísseis GLSDB, os quais foram uma promessa dos Estados Unidos em fevereiro deste ano. A Ucrânia, por sua vez, considera estes mísseis, com alcance de até 250 quilômetros, ou seja, capazes para lançar a sua próxima contraofensiva e ameaçar, assim, as posições russas atrás das linhas de frente.

Vale lembrar que a invasão russa, justificada pelo Presidente Vladimir Putin, com a necessidade, segundo ele, de “desnazificar” a Ucrânia para segurança da Rússia, foi condenada pela comunidade internacional, que tem dado respostas através de envio de armamento para a Ucrânia e imposição à Rússia de sanções políticas e econômicas.

 

Foto Destaque: Mísseis “Storm Shadow”. (Foto/Reprodução: Getty Imagens)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...