INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Repatriados de Gaza deixam abrigo no interior de São Paulo

Repatriados de Gaza deixam abrigo no interior de São Paulo

Na última quarta-feira (15), nove repatriados de Gaza, que estavam alojados em um abrigo no interior de São Paulo providenciado pelo Governo Federal, deixaram a instalação e se deslocaram para a capital do estado. O grupo de nove pessoas, formado por duas famílias e um homem, ficará em um hotel localizado na região do Cambuci, na zona sul de São Paulo. 

Repatriados irão se instalar em hotel na zona sul 

A nova instalação foi providenciada pela Federação Árabe Palestina do Brasil (Fepal) e pela ONG Refúgio Brasil. Ualid Rabah, presidente da Fepal, afirmou que as acomodações em São Paulo já estavam garantidas aos repatriados antes mesmo deles pousarem no Brasil, na última segunda-feira (13). No entanto, eles teriam decidido ir primeiro ao abrigo assegurado pelo governo. 

“O local preparado pelo governo é mais distante, em área semirrural. Parte deles já morou em São Paulo e preferiu já vir para a capital logo e aproveitar os dias úteis para recomeçar a vida após o que passaram”, concluiu o presidente da Fepal.

De acordo com apurações da CNN, as famílias realojadas na capital paulista são compostas por crianças e há também uma mulher grávida. Ainda, as condições de saúde teriam contribuído para a decisão deles de deixarem o abrigo no interior de São Paulo. 


Repatriados de Gaza deixam abrigo no interior de São PauloGrupo de repatriados que seguiu para São Paulo. (Foto: reprodução/Paulo Pinto/Agência Brasil)


Repatriados de Gaza seguirão sendo assistidos pelo Governo Federal

Em entrevista à CNN, a Secretaria Nacional de Justiça (Senajus), órgão atrelado ao Ministério da Justiça e Segurança Pública, esclareceu que todos os repatriados de Gaza continuarão sendo assistidos pelo Governo Federal independentemente do local que estejam instalados. 

Todos serão assistidos pelo governo federal pelo tempo que for necessário e não há prazo limite fixado. Nove pessoas de três famílias optaram por deixar o abrigo. Elas receberam convite de estadia de famílias palestinas em São Paulo e decidiram aceitar”, confirmou a Senajus.

Os repatriados que optaram em  permanecer no abrigo fornecido pelo Governo Federal poderão ficar no local por tempo indeterminado, uma vez que solicitaram  ajuda por não terem onde se instalar no Brasil.

Situado na zona rural do interior de São Paulo, o local tem espaço administrativo, salas de aula, áreas de lazer e alojamentos. Anteriormente, o espaço funcionava como uma espécie de hotel fazenda, mas foi reformado para receber refugiados.

O local acomoda até 160 pessoas. Atualmente, com a chegada dos repatriados de Gaza, há mais de 120 refugiados no espaço, entre afegãos, venezuelanos e haitianos. 

 

 

Foto destaque: Grupo de 34 repatriados de Gaza chegando em Brasília na última segunda-feira (13)  (Reprodução/FAB)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...