INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Roberto Jefferson pretende doar as próprias armas e sair da prisão 

A defesa do ex-deputado Roberto Jefferson entrou com requerimento no STF para que o réu seja solto devido seu quadro de saúde “frágil”

Em pedido encaminhado, nesta terça-feira (14), ao ministro Alexandre de Moraes, do Supremo Tribunal Federal (STF), a defesa do ex-deputado Roberto Jefferson (PTB-RJ) pediu a revogação de sua prisão preventiva e também da possibilidade de prisão domiciliar. Como os advogados de defesa explicaram, Jefferson, agora, tem a intenção de “doar todas as suas armas de fogo e munições”, sejam elas as aprendidas pela Polícia Federal em sua casa, ou as que ele tem documento registrado de posse. 

No pedido os advogados sugerem a adoção de outras medidas alternativas à prisão de Roberto Jefferson, como a apresentação semanal a um juiz ou o uso da tornozeleira eletrônica. 

Um dos argumentos contundentes apresentado pela defesa do ex-deputado foi seu estado de saúde  “Devido ao seu histórico de saúde, com condições crônicas, e de difícil tratamento, bem como às condições de existência dentro do cárcere, é inegável que o Sr. Roberto Jefferson Monteiro Francisco está constantemente sob risco de contrair enfermidade severa repentina, que poderá gerar a necessidade de sua internação, bem como risco de morte, em decorrência de sua condição primária de saúde”, os advogados afirmaram no documento.


Ex-deputado Roberto Jefferson mostrando o próprio arsenal de armas em frente à bandeira do Brasil (Reprodução/Noticias do Rio)


Roberto Jefferson está preso preventivamente desde outubro de 2022, quando ele atirou diversas vezes contra policiais federais que cumpriam mandados de busca e apreensão em sua residência, no interior do Rio de Janeiro.  Em dezembro do ano passado a Justiça Federal aprovou a denúncia e tornou o ex-deputado réu por tentivas de homicídio contra os policiais federais no caso. 

O ex-deputado já havia cumprido uma parte do confinamento em prisão domiciliar entre janeiro e outubro de 2022. Porém, após descumprir as medidas cautelares impostas, a divulgação de notícias falsas sobre as eleições e o vídeo com muitas ofensas a ministra do STF, Cármen Lúcia, Alexandre de Moraes determinou que ele fosse de novo preso preventivamente. Agora, ele precisa decidir se aceita os pedidos de Roberto Jefferson. 

Foto destaque: Roberto Jefferson (Reprodução/Yahoo Noticias)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

20 + doze =

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...

Reality

A final de A Fazenda 15 vai acontecer na quinta-feira (21). Quatro integrantes estão na disputa pelo prêmio de um milhão e meio de...