INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Semana tensa de confrontos entre dependentes químicos e comerciantes na região da Cracolândia

Com a dispensa da Cracolândia em São Paulo, aumentou-se o medo e a insegurança de quem passa ou vive no centro, a maior cidade do país. Uma semana bastante tumultuada, marcada por cenas de violência e muito caos. A prefeitura chegou a dizer que a medida é necessária pra acabar com o tráfico e o consumo de drogas na região. Quem vive no lugar, não quer pagar o valor dessa conta.

Em um vídeo é possível vêm um rapaz dando chutes na porta de uma lanchonete. Segundos depois, ele já está acompanhado de um grupo, que invade o lugar.
Cena de guerra. Foi difícil impedir o desastre que aconteceu com amigo nosso, que é o dono do estabelecimento”, contou Eduardo, que viu tudo da janela do apartamento dele.

Levaram tudo que eu tinha aqui dentro, né. Televisão, suco, bebidas, cigarro, Tive que comprar novo – porta nova, máquina de café, negócio de sorvete. Eu tô pagando uma coisa, que eu não tenho nada a ver com isso”, disse Jailton Silva de Oliveira, dono da lanchonete.

A movimentação pelas ruas do Centro teve inicio em março deste ano. Nessa época, os dependentes químicos sairão da Praça Júlio Prestes para a Praça Princesa Isabel.


Cracolândia preocupa população paulistana desde o início dos anos 90.( Foto destaque: Reproduçao/ROVENA ROSA/AGÊNCIA BRASIL)


Essa situação no centro de São Paulo não é de hoje, a violência e o medo sempre fez parte do cotidiano. Mas, segundo moradores e comerciantes, as coisas vem se agravando nos últimos meses. Pois os dependentes químicos agora não ficam reunidos num ponto só – eles ficam andando em grupos pelo Centro.

Não existe uma grande concentração de usuário de crack sem a presença do traficante”, relata o prefeito Ricardo Nunes. “Nós focamos nos melhores exemplos internacionais e também fizemos a prisão de traficantes“, ressalta Roberto Monteiro, delegado.

Durante a semana, um grupo de usuários foi parar na Santa Ifigênia – o mais tradicional ponto de comércio de eletro-eletrônicos do país. Por conta disso os comerciantes decidiram fechar as portas. Aconteceu um protesto, e agora os próprios comerciantes estão armados para evitar que os usuários de drogas entrem nos comércios.

A prefeitura disse que a dispersão é necessária pra acabar com o tráfico e o consumo de drogas na região.

O combate ao tráfico de drogas é importante para acabar com a Cracolândia, mas também é preciso exitstir um cuidado com os dependentes. Especialistas dizem que dispersá-los dificulta o tratamento da dependência química.

 

(Foto destaque: Reprodução)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

2 × cinco =

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...

Reality

A final de A Fazenda 15 vai acontecer na quinta-feira (21). Quatro integrantes estão na disputa pelo prêmio de um milhão e meio de...