INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Tribunal do Colorado proíbe Trump de concorrer à presidência no estado

Tribunal do Colorado proíbe Trump de concorrer à presidência no estado

Nesta terça-feira (19), a Suprema Corte do Colorado decidiu que Donald Trump está inapto a concorrer às eleições presidenciais de 2024. Dessa forma, o ex-presidente não aparecerá como candidato na cédula de votação do estado no ano que vem. 

A decisão do tribunal partiu da interpretação de que Trump teria se envolvido em um ato de “rebelião ou insurreição”, termos incluídos na Constituição americana. Esse ato remete-se ao discurso promovido pelo ex-presidente no dia 6 de janeiro de 2021 em que ele teria incitado seu eleitorado a invadir o Capitólio, local sede do poder legislativo dos Estados Unidos. Neste dia, Trump fez seu primeiro discurso após perder a reeleição para presidência contra o atual presidente democrata Joe Biden. 

A Suprema Corte do Colorado, baseada na 14ª emenda da Constituição, reuniu provas de que Donald Trump, provável candidato do partido republicano, instigou a violência contra o governo dos Estados Unidos. Dessa forma, o ex-presidente se torna inelegível no estado. 

“A maioria do tribunal considera que o presidente Trump está desqualificado para ocupar o cargo de presidente nos termos da Seção Três da Décima Quarta Emenda da Constituição dos Estados Unidos. […] Como ele foi desqualificado, seria um ato ilícito, segundo o Código Eleitoral, o Secretário de Estado do Colorado incluir seu nome como candidato nas primárias presidenciais.”, concluiu o julgamento da Suprema Corte do Colorado.

O caso foi levado à Suprema Corte do estado através de civis que foram auxiliados pelo grupo de “Cidadãos pela Responsabilidade e Ética” em Washington.


Tribunal do Colorado proíbe Trump de concorrer à presidência no estado

Ex-presidente americano, Donald Trump, discursa para eleitores após derrota para reeleição presidencial em 6 de janeiro de 2021. (Foto: reprodução/Jim Bourg/Reuters)


Trump provavelmente não iria liderar no Colorado

A decisão da Suprema Corte do Colorado impede a inscrição de Donald Trump nas eleições primárias do estado, que ocorrerão em 5 de março de 2024. No entanto, analistas políticos dos EUA veem o Colorado como um estado democrata em que Trump, republicano,  provavelmente não conseguiria liderar. 

Apesar disso, os democratas acreditam que a decisão pode impulsionar o debate em todo território americano, com a possibilidade de chegar até o Supremo Tribunal dos EUA. 

“Acho que isso pode encorajar outros tribunais ou secretários estaduais a agirem agora que o curativo foi arrancado”, afirma o professor de direito da Universidade de Notre Dame, Derek Muller. O entrevistado conclui: “esta é uma grande ameaça à candidatura de Trump.

Decisão não barra Trump de concorrer às eleições em 2024

A decisão tomada pela Suprema Corte do Colorado, órgão de segunda instância de jurisdição, não impede a candidatura de Donald Trump às eleições presidenciais de 2024. Isso porque, o ex-presidente foi condenado apenas pelo estado do Colorado que, com a decisão, não incluirá Trump na cédula de votação. 

No entanto, espera-se que o republicano recorra a decisão à Suprema Corte dos EUA, órgão de jurisdição de âmbito federal e, caso os juízes da alta instância da justiça americana mantiveram a decisão do estado do Colorado, Trump corre o risco de se tornar inelegível em todo território nacional. 

 

Foto destaque: Donald Trump, ex-presidente dos Estados Unidos (Reprodução/Carlos Barria/Reuters)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...