INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Tuvalu, país da Oceania, pretende migrar para o metaverso

Tuvalu, país da Oceania, pretende migrar para o metaverso

Tuvalu, um país da Oceania constituído por ilhas e atóis, será um dos primeiros países do mundo a desaparecer por causa da emergência climática. Como forma de resistência a esse trágico fim, autoridades do país estão criando uma nação digital, o que poderá preservar sua identidade cultural e soberania nacional.

Apelo à comunidade internacional

Com 11 mil habitantes, Tuvalu se tornará a primeira nação localizada no metaverso. Isso porque o ponto mais alto de seu território está apenas há cinco metros acima do nível do mar. Com a emergência climática e o aumento do nível do oceano, o país deverá ser engolido nas próximas décadas. Em novembro deste ano, o governo de Tuvalu firmou um acordo com a Austrália, que vai receber seus refugiados climáticos assim que viver no território tuvaluense não for mais possível.

Desde 2009 autoridades de Tuvalu tentam alertar o mundo para seu desaparecimento, quando, durante a COP 15, o representante Ian Fry pediu aos países em desenvolvimento que reduzissem suas emissões de carbono. Em 2021, o ministro Simon Kofe levou para a COP 26 um vídeo em que discursa de terno e gravata dentro do mar, com a água até os joelhos.


Ministro Simon Kofe apresenta atualizações do processo de digitalização de Tuvalu na COP 28 (Vídeo: reprodução/Youtube/Simon Kofe)


Uma nação no metaverso

Diante da crise climática que assola o mundo e a falta de providências imediatas, o governo de Tuvalu elaborou, no final de 2022, um plano de digitalizar a nação tuvaluense. O território composto por 124 ilhas e ilhotas foi mapeado e digitalizado tridimensionalmente para garantir sua soberania frente aos outros países do mundo, mesmo quando estiver abaixo do nível do mar. Para assegurar a cidadania, o governo está criando um passaporte digital, possibilitando casamentos e participação política. Além disso, o país investiu na infraestrutura nacional de comunicação, e um cabo submarino será responsável por transferir todos os dados para a nuvem. Além disso, elementos que fazem parte da cultura popular do país, como danças e rituais, e as histórias de família serão também mapeados e incluídos numa espécie de “arca” digital, para que o capital cultural e social da comunidade não seja perdido.

 

Foto Destaque: foto áerea de uma ilha de Tavalu (Reprodução/TripTalks) 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...