INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Vera Magalhães é agredida verbalmente por deputado estadual

O deputado estadual Douglas Garcia (Republicanos – SP), candidato a deputado federal, foi expulso  do debate para governador promovido pelo UOL em parceria com o jornal Folha de S. Paulo e a TV Cultura, nesta terça-feira (13), após direcionar agressões verbais à jornalista Vera Magalhães.  O ataque ocorreu minutos após o encerramento do debate. 

Ele estava sentado ao lado de Vera e começou a gravar com seu celular ofensas a jornalista. No vídeo, ele se aproximou dela e disse que ela “é uma vergonha para o jornalismo brasileiro” – frase antes dita pelo presidente Jair Bolsonaro (PL) – e que havia recebido o valor de R$ 500 mil reais da Fundação Padre Anchieta para falar mal do governo Bolsonaro. 

A jornalista usou suas redes sociais para se manifestar sobre o assunto. 

É inaceitável que um deputado estadual use o convite para um debate entre candidatos ao governo de São Paulo para xingar, mentir, agredir, acossar e intimidar um jornalista que está desempenhando o seu trabalho. Essa violência já foi longe demais e não é tolerável na democracia. Quem condescende com essa atitude é cúmplice dela e será vítima no futuro. Basta! Eu não vou me intimidar diante desses ataques sistemáticos, institucionalizados, cada vez mais violentos.” disse. 


Douglas Garcia havia se ajoelhado em frente de Vera e a jornalista não havia percebido a gravação do video (Foto/Reprodução: ISTOÉ)


Amanhã registrarei um boletim de ocorrência contra esse deputado, que responderá na Justiça por mais esse ataque.” conclui a jornalista. 

Segundo Vera, ela precisou sair escoltada do Memorial da América Latina, onde ocorreu o debate desta noite. O parlamentar teve seu telefone arrancado de suas mãos pelo mediador do debate e diretor de jornalismo da TV Cultura e arremessa o celular de Douglas longe, logo em seguida dispara: “vai para a put* que te pariu, filho da put*!”

Ele veio aqui visivelmente com a intenção de lacrar. Então, eu entendo que a única solução possível naquela hora era afastá-lo da lacração. Por isso, interrompi a gravação que ele estava fazendo.”

Antes do início do debate, Douglas, que era convidado de Tarcísio Freitas (Republicanos), candidato bolsonarista ao governo de SP, publicou em seu perfil no Twitter perguntando se a jornalista iria comparecer ao evento: “Será que a Vera Magalhães vem hoje?”.

Candidato Tarcísio Freitas se solidariza com a jornalista 

O candidato ao governo de São Paulo, Tarcísio Freitas (Republicanos – SP), telefonou para a jornalista da TV Cultura, Vera Magalhães para se solidarizar com a atitude do parlamentar Douglas Garcia. 

Eu telefonei e pedi desculpas por esse cara [Douglas Garcia] estar lá com uma credencial cedida pela minha campanha. Eu mal conheço, nem tenho contato com esse idiota“, afirmou o candidato.

Tarcísio ainda explicou que “praticamente todas as credenciais do debate destinadas à sua equipe e convidados pela organização já tinham sido distribuídas‘. Se soubéssemos que ele iria lá para isso , jamais teríamos cedido a credencial. Ele traiu a minha confiança’’. acrescentou Tarcísio. 

Presidenciáveis saem em defesa da jornalista

Candidatos a presidencia da república como Simone Tebet (MDB), Lula (PT) e Ciro Gomes (PDT) saem em defesa de Vera Magalhães. Somente o candidato à reeleição e presidente da república ignorou o ocorrido no debate. 

Simone Tebet já havia se solidarizado com Vera depois do primeiro ataque do presidente no debate, dessa vez ela responsabiliza Bolsonaro pelos ataques a jornalista, a atitude do mandatário se caracteriza como um “passe livre” para esse tipo de ataques.


<blockquote
class="twitter-tweet"><p lang="pt" dir="ltr">Solidariedade e
indignação. Acordei em Recife/PE com essa barbaridade. Mais uma vez
<a
href="https://twitter.com/veramagalhaes?ref_src=twsrc%5Etfw">@veramagalhaes</a>
sob ataques de bolsonaristas. O comportamento covarde do Presidente é
uma licença para esse tipo de absurdo, agora de um
parlamentar.</p>&mdash; Simone Tebet (@simonetebetbr) <a
href="https://twitter.com/simonetebetbr/status/1569994363593265154?ref_src=twsrc%5Etfw">September
14, 2022</a></blockquote>
<script async src="https://platform.twitter.com/widgets.js"
charset="utf-8"></script>


O candidato Ciro Gomes classificou a atitude como ”uma múltipla ação terrorista que afronta não apenas uma mulher e jornalista independente, mas toda uma sociedade democrática.”


<blockquote
class="twitter-tweet"><p lang="pt" dir="ltr">A escalada de
ataques de bolsonaristas à jornalista <a
href="https://twitter.com/veramagalhaes?ref_src=twsrc%5Etfw">@veramagalhaes</a>
já chegou ao ponto máximo, e tem que ser visto como uma múltipla ação
terrorista que afronta não apenas uma mulher e jornalista independente,
mas toda uma sociedade democrática. (...)</p>&mdash; Ciro
Gomes 12 (@cirogomes) <a
href="https://twitter.com/cirogomes/status/1569978296535842817?ref_src=twsrc%5Etfw">September
14, 2022</a></blockquote>
<script async src="https://platform.twitter.com/widgets.js"
charset="utf-8"></script>


Luiz Inácio Lula da Silva diz que “Debates deveriam ser notícia pelas propostas, não por ataques contra mulheres jornalistas, promovidos por quem vive do ódio e não gosta da democracia.”


<blockquote
class="twitter-tweet"><p lang="pt" dir="ltr">Bom dia. Triste
com o desrespeito contra a jornalista <a
href="https://twitter.com/veramagalhaes?ref_src=twsrc%5Etfw">@veramagalhaes</a>
por um deputado bolsonarista no debate de São Paulo. Debates deveriam
ser notícia pelas propostas, não por ataques contra mulheres
jornalistas, promovidos por quem vive do ódio e não gosta da
democracia.</p>&mdash; Lula 13 (@LulaOficial) <a
href="https://twitter.com/LulaOficial/status/1570002046786363392?ref_src=twsrc%5Etfw">September
14, 2022</a></blockquote>
<script async src="https://platform.twitter.com/widgets.js"
charset="utf-8"></script>


Em outro debate na TV Bandeirantes, a jornalista havia feito uma pergunta ao candidato Ciro Gomes, que pediu comentário do presidente e logo depois confrontou Vera.

A cobertura vacinal está despencando nos últimos anos. Em que medida que a desinformação difundida pelo presidente pode ter agravado a pandemia de covid?” perguntou Vera durante o debate.

Vera, não podia esperar outra coisa de você. Acho que você dorme pensando em mim. Você tem alguma paixão por mim. Você não pode tomar partido num debate como esse, fazer acusações mentirosas a meu respeito. Você é uma vergonha para o jornalismo, mas tudo bem“. rebateu Bolsonaro.

Vera é alvo constante de ataques por aliados e apoiadores do presidente Bolsonaro, nos atos do 07 de setembro, manifestantes usaram uma foto dela ao lado da frase “você é uma vergonha para o jornalismo brasileiro” durante um dos atos do Dia da Independência, na quarta-feira (7).

 

(Foto destaque/Reprodução: Metrópoles)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

15 − 3 =

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...

Reality

A final de A Fazenda 15 vai acontecer na quinta-feira (21). Quatro integrantes estão na disputa pelo prêmio de um milhão e meio de...