INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Verão deve continuar com temperaturas anormais e elevadas em 2024

Verão deve continuar com temperaturas anormais e elevadas em 2024

Nesta sexta-feira (22) começa o verão no Brasil. Em um ano de recordes mundiais de calor, o país não é exceção, e deve ter uma estação atípica, com a influência do fenômeno meterológico El Niño. Desde agora até o próximo 20 de março, serão presenciados três meses de dias mais quentes e abafados – significando que a situação climática dos últimos meses pode permanecer durante parte do ano de 2024, segundo previsões do Climatempo.

El Niño

O El Niño se trata de um aquecimento anormal das águas do Oceano Pacífico (ao oeste da América do Sul) próximas à linha do equador (na região tropical), e possui diferentes consequências em diferentes regiões do Brasil por causa do território extenso e de considerável variação de latitude. No entanto, a maioria dos especialistas concorda que o fenômeno esteve por trás de parte da temperatura elevada nacional.


Temperatura média atinge recorde no Brasil pelo quinto mês seguido.

Temperatura média atinge recorde no Brasil pelo quinto mês seguido. (Reprodução/X/@inmet_)


Ano recorde

De acordo com pesquisadores do Serviço de Mudanças Climáticas Copernicus da União Europeia, 2024 é o ano mais quente em mais de 125 mil anos. Isso porque embora o El Niño afete mais gravemente os países localizados próximos ao Oceano Pacífico, a temperatura elevada também se espalha em menor escala para o resto do globo e é contida pelo efeito estufa.

O resultado disso é que 2023 foi o ano mais quente já registrado na história, em 174 anos de medições meteorológicas da Organização Meteorológica Mundial (OMM).

Para o Brasil, isso significou várias anomalias: o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) já apontou, por exemplo, que foram cinco meses seguidos de temperaturas médias recordes, com agências federais emitindo alertas emergencias sobre o calor elevadíssimo. E segundo as previsões, é uma tendência que deve continuar durante o resto do verão.

Previsões para 2024

A gente vai ter temperaturas acima da média em boa parte do Brasil,” afirmou o meteorologista do Climatempo, Guilherme Borges, sobre o próximo ano.

As chuvas devem diminuir no Norte e Nordeste, e aumentar no Sul. No geral, a temperatura deve permanecer elevada e a humidade deve cair um pouco: são efeitos do El Niño que devem durar minimamente até o mês de abril.

Porém, devido à dificuldade em prever o tempo à longo-prazo, a metereologia ainda não sabe em quais dias se concentrarão ondas de calor – tais avisos devem ser emitidos apenas semanas antes, ponto em que é fundamental se atentar para se prevenir contra o desidratamento e outros problemas causados pelo clima anormal.

Foto Destaque: Temperatura elevada no Brasil durante o mês de novembro. (Reprodução/Bruno Rocha/Enquadrar/Estadão Conteúdo)

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...