INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Exposição “Unindo Vozes contra a Violência de Gênero”  acontece em São Paulo

No Conjunto Nacional da Avenida Paulista, a exposição retrata a violência sofrida por mulheres em Hamas

Exposição “Unindo Vozes contra a Violência de Gênero”  acontece em São Paulo
Exposição “Unindo Vozes contra a Violência de Gênero” (reprodução/instagram/@conjuntonaciona)

São Paulo recebe nesta terça -feira (30) a exposição “Unindo Vozes contra a Violência de Gênero”  no Conjunto Nacional da Avenida Paulista,  a mostra de artes demonstra a violência praticada contra as mulheres pelo grupo terrorista Hamas. A exibição ficará disponível até dia 21 de fevereiro, e conta com 22 obras.


Exposição “Unindo Vozes contra a Violência de Gênero”  acontece em São Paulo
Exposição “Unindo Vozes contra a Violência de Gênero”  acontece em São Paulo 1

Mulher sofrendo com violência sexual (reprodução/brasildefato)


Sobre a exposição  “Unindo Vozes contra a Violência de Gênero” 

Com o intuito de demonstrar o sofrimento das mulheres vítimas de violência pelo Hamas, a exposição traz artes conceituais elaboradas. 14 artistas foram reunidos trazendo suas visões sobre o ocorrido, Geffen Rafaeli, Hagit Frenkel e Keren Shpilsher são alguns dos nomes que apresentaram suas obras. 

Sobre o crime cometido de violência sexual e gênero pelo Hamas 

Testemunhas do ocorrido do dia 8 de outubro de 2023 foram a Organização das Nações Unidas (ONU) discursarem sobre os crimes cometidos de violência sexual e gênero pelo Hamas. Foram apresentadas durante o discurso, provas de violência, estrupo e mutilação. As vítimas relataram com detalhes as atrocidades cometidas pelo grupo a outros cidadãos.

Shari Mendes, reservista das Forças de Defesa Israelenses, que ficou responsável pelo guarda dos corpos de diversas mulheres soldado mortas, também comentou sobre as evidências que encontrou durante o ataque. O parlamento de Israel, “Knesset”, realizou uma sessão separada sobre violência sexual. Durante a sessão, um dos membros acusou o Hamas de humilhar Israel por meio do estrupo. O grupo negou o ocorrido, apesar das provas apresentadas.

Crimes cometidos recentemente 

Mulheres sequestradas em Gaza, relatam ao parlamento Israelense sobre abusos sexuais de membros do grupo terrorista com outras jovens em confinamento. O depoimento foi divulgado no dia 23 de janeiro de 2024. 

Foram divulgados também depoimentos de mulheres que foram resgatadas no período de outubro e novembro, onde há relatos de que participantes do Hamas, teriam o costume de tratar algumas das jovens reféns como “bonecas”.  Segundo dados levantados por Israel, ainda existem 19 mulheres presas em cativeiro pelo grupo. 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...