INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Irlanda, Espanha e Noruega anunciam que reconhecem Estado Palestino

Irlanda, Espanha e Noruega anunciam nesta quarta-feira (22), de maneira coordenada, que vão reconhecer formalmente o Estado da  Palestina

Legenda: Homem apoiando a Palestina (Foto: Reprodução/Unsplash)
Homem apoiando a Palestina (Foto: Reprodução/Unsplash)

Irlanda, Espanha e Noruega anunciam nesta quarta-feira (22), de maneira coordenada, que vão reconhecer formalmente o Estado da  Palestina. O reconhecimento passará a valer na próxima terça-feira , 28 de maio. Atualmente 144 países dos 193 membros da Organização das Nações Unidas (ONU) reconhecem a Palestina como um Estado independente com o Brasil reconhecendo desde 2010. 

O primeiro-ministro da Espanha, Pedro Sánchez, afirmou que o reconhecimento não é contra o povo de Israel e nem contra os judeus. “Não é a favor do Hamas. É a favor da coexistência.” Além disso, acrescentou sobre o premiê de Israel Benjamin Netanyahu não acatar os pedidos de cessar-fogo. “O primeiro-ministro Benjamin Netanyahu se faz de surdo e continua castigando a população palestina” , criticou.

Já o primeiro-ministro da Irlanda Simon Harris acredita que esse reconhecimento feito pelos países europeus vai incentivar outros líderes a fazerem o mesmo. “Antes do anúncio de hoje, falei com outros líderes e estou confiante de que mais países se juntarão a nós para dar esse importante passo nas próximas semanas.” Já o primeiro-ministro da Noruega, Jonas Gahr Støre diz que a existência de dois Estados trará paz e segurança para os povos palestino e israelense.

Palestina e ONU

Essa foi a primeira vez desde o início da guerra entre Israel e Hamas que algum governo reconhece a Palestina como um Estado independente. Isso acontece após no último dia 10 a Assembléia Geral da Organização das Nações Unidas aprovar uma resolução que abre a possibilidade da Palestina se tornar um país membro e concede novos “direitos e privilégios” aos palestinos. A medida que fará a ONU reconhecer a Palestina como um “Estado Observador” foi aprovada com 143 votos a favor, nove contra e 25 abstenções. Agora, a medida passará pelo Conselho de Segurança

Resposta de Israel

O Ministério de Relações Exteriores de Israel em resposta ao anúncio dos primeiros-ministros da Espanha, Irlanda e Noruega ordenou a saída imediata de seus embaixadores em Madri, Dublin e Oslo e convocou os três embaixadores em Tel Aviv. 

Tweet do Ministro de Relações Exteriores Israel Katz (Reprodução: x/@Israel_katz)

O ministro das Relações Exteriores, Katz afirmou que Israel não permanecerá em silêncio e que a medida terá consequências mais graves. “A loucura irlandesa-norueguesa não nos detém; nós estamos determinados a atingir os nossos objetivos: restaurar a segurança dos nossos cidadãos, desmantelar o Hamas e trazer os reféns para casa.” Além disso, em seu X (antigo Twitter), Katz afirmou que a decisão envia uma mensagem direta para a Palestina e para o mundo: o terrorismo compensa.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...