INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Joe Biden configura mortes de trabalhadores de ONG em Gaza como “inaceitáveis”

O novo posicionamento de Biden pode significar mudanças entre a relação dos EUA com Israel

biden e netanyahu conversam
Foto Destaque: Joe Biden e Netanyahu (Reprodução/BRENDAN SMIALOWSKI/AFP via Getty Images embed)

Nesta quinta-feira (4), um comunicado emitido pela Casa Branca revelou detalhes da conversa do presidente dos Estados Unidos, Joe Biden, e do primeiro-ministro de Israel, Benjamin Netanyahu. A ligação telefônica entre os líderes ocorreu após a tragédia envolvendo sete funcionários da ONG World Central Kitchen.

No relato compartilhado pelo representante Antony Blinken, Biden classifica as mortes como “inaceitáveis”. Além disso, o presidente exige que Israel tome medidas mais concretas de proteção, tanto para os cidadãos resididos em Gaza, quanto aos voluntários que permanecessem no local para auxiliar nas ajudas humanitárias.

Joe ainda teria reforçado a ideia do cessar-fogo entre o conflito Israel e Palestina – o qual vem defendendo em seus discursos nos últimos meses, assim como outros países.

Posicionamento dos EUA acerca de Israel pode mudar

Ainda segundo o comunicado da Casa Branca, Joe Biden foi firme ao relatar que, se as melhorias acerca das condições de segurança destas pessoas não forem providenciadas, o posicionamento dos Estados Unidos de continuar apoiando o governo israelense pode sofrer alterações.

O ataque horrível dessa semana aos agentes humanitários da World Central Kitchen não foi o primeiro do tipo, mas tem que ser o último. Se não virmos Israel fazendo as mudanças que devem ser feitas, nós mudaremos a nossa política com eles.

Antony Blinken

Entretanto, não foi dito ao certo quais ações políticas o país de fato pretende tomar em relação ao acontecido. No momento, eles esperam apenas uma atualização acerca das atitudes do governo de Israel.

O que aconteceu com os funcionários da ONG na Faixa de Gaza


ataque contra ONG na Faixa de Gaza
Comunicado da World Central Kitchen sobre as vítimas do ataque ocorrido na Faixa de Gaza (Foto: reprodução/Instagram/@wckitchen/@chefjoseandres)

Na última segunda-feira (1), um veículo que transportava funcionários da ONG World Central Kitchen (WCK) foi atingido por um ataque aéreo comandado pelo exército israelense. Segundo os responsáveis gerais pela ONG, o transporte já havia passado por uma identificação previamente na região de Gaza.

Ao todo, foram sete mortes confirmadas – três britânicos, uma australiana, um estadunidense e canadense, um polonês e um palestino. A WCK foi fundada pelo chef de cozinha espanhol José Andrés.

Nos últimos meses, a ONG vem traçando uma longa jornada de fornecimento de recursos alimentícios para cidadãos que vivem em situações precárias nos arredores da Faixa de Gaza.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...