INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Marcha dos Prefeitos: Lula promete renegociação de dívidas e faz pedido para as eleições

Lula participou da abertura da 25ª Marcha dos Prefeitos, que estima receber mais de 10 mil gestores

Lula discursou nesta terça-feira, em Brasília, na 25ª Marcha das cidades
Foto destaque: Lula prometeu a prefeitos a renegociação de dívidas dos municípios (Reprodução/CNM)

No evento, foi anunciada a renegociação de dívidas previdenciárias dos municípios, como também o apelo para que as eleições municipais não provoquem a perda da civilidade entre os adversários. O Presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) atendeu, nesta terça-feira (21), na abertura da 25ª edição da Marcha em Brasília em Defesa dos Municípios, o pedido da Confederação Nacional de Municípios (CNM) ao fazer o anúncio. A ideia é que isso facilitará a liquidação das dívidas.

A declaração do Presidente, em resposta ao pedido da CNM, foi para além das promessas das dívidas previdenciárias, com a criação de regras para pagamentos de precatórios.

A ideia é que o governo apresente um prazo novo para fazer o financiamento, renegocie a taxa de juros e o teto máximo de comprometimento da receita corrente líquida.

 Nesse sentido, o governo apresentará uma regra nova para o pagamento desses precatórios, com o intuito de facilitar as suas liquidações e dar um respiro às contas públicas dos municípios.


Abertura da Marcha dos Prefeitos, na segunda-feira (20)
Abertura da 25ª Marcha dos Prefeitos, na segunda-feira (20), em Brasília (Foto: reprodução/ CNM)

O evento aconteceu em Brasília, mediante a organização da Confederação Nacional dos Municípios (CNM) e contou com a presença do Presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), e Rodrigo Pacheco (PSD-MG). A cerimônia se estenderá até quinta-feira, e estima receber até 10 mil gestores no local.

Presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, e a desoneração

O presidente da CNM, Paulo Ziulkoski, ao discursar no plenário, fez questão de criticar as vaias e os aplausos a Lula, no início do evento. “Não estamos aqui para disputa de direita, de centro, de esquerda, aqui estão os municípios do Brasil”.

Durante o discurso, ele defendeu que a alíquota previdenciária deve ser reduzida no salário dos funcionários das prefeituras, exemplificando por intermédio de setores, como clubes de futebol e igrejas, por possuírem a tributação inferior a 22%, atual alíquota previdenciária.

Eleições e civilidade

O Presidente Lula, em fala direcionada aos gestores, disse que sua relação com os prefeitos é marcada a partir do trecho da campanha eleitoral de 1975. “Uma cidade parece pequena, se comparada a um país, mas, é na minha, na sua, na nossa cidade, que, se começa a ser feliz!” Isso marca a minha relação com os prefeitos.

Nessa perspectiva, ele disse que o país está precisando de civilidade, harmonia e de muito mais compreensão.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...