INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

México registra 48 mortes ocorridas por onda de calor no ano

Em Relatório Oficial foi revelado 956 pessoas foram afetadas pelas as altas temperaturas que atingiam o pais

Onda de calor no México
Foto Destaque: onda de calor no México afeta população (reprodução/Cuartoscuro)

Com o ano de 2024 caminhando para ser tornar o mais quente da história do país, já foi registrado no México 48 mortes devido à forte onda de calor que assola o seu território desde de março, a informação foi revelada pela secretaria de saúde nesta sexta-feira (24). 

Relatório oficial

No relatório epidemiológico que obtém dados até o dia 21 maio, detalha que cerca de 956 pessoas tiveram sua saúde afetada de forma diferentes pelas altas temperaturas durante essa atual onda de calor, que teve início em 17 de março e se estenderá até 5 de outubro, segundo os cientistas a temperatura poderá aumentar durante os próximos dias.  

Também foi revelado que em 2023, ocorreu um recorde de mortos pelo calor, totalizando 419 mores durante o período de oito messes da temporada de calor no México. 


Andrés Manuel López Obrador
Andrés Manuel López Obrador em entrevista (Foto: reprodução/EPA)

O presidente mexicano, Andrés Manuel López Obrador comunicou que o ocorrido se trata de ‘’um fenômeno natural bastante lamentável, relacionado às mudanças climáticas’’, e revelou que o estado de Veracruz, localizado no Leste foi a região mais afetada, registando o total de 14 mortes no momento, seguido de Tamaulipas (nordeste) Tabasco (sul) e San Luis Potosí (norte), os três estados tendo oito falecimentos cada. 

Onda de calor afeta México

O enorme calor afetou diversas cidades, com algumas delas esgotarem sacos de gelo e garrafas d’agua em comércios locais, além de aumentar a poluição, um exemplo disso ocorreu na Cidade do México e sua região metropolitana, onde circulam aproximadamente 6,5 milhões de veículos nas últimas semanas. 

Um dos mais trágicos casos ocorreu a morte de dezenas de Bugios nas florestas dos estados de Tabasco e Chiapas, ambas localizadas na região sul do país, com suspeitas que os animais desmaiaram com o calor, que teria superado 45ºC, e caindo de árvores de 15 a 20 metros de altura, conforme explicou Victor Morato, diretor de um hospital veterinário de Comalcalo, em Tabasco. 


Macaco Bugio
Bugios sofrem com o calor no México (Foto: reprodução/reisegraf.ch / Shutterstock.com)

Quando chegaram aqui, agonizando, estendiam a mão, como se pedissem ajuda. Isso me deixa com um nó na garganta”, comentou o médico, que menciona ter atendido oito macacos na semana, alguns deles chegando a ter temperatura corporal de 43ºC. 

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...