INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Navio russo armado com mísseis foi abatido pela Ucrânia na Crimeia

Ucrânia abate navio de guerra russo
"Cyclone" do Projeto 22800 da classe Karakurt Russa (Reprodução/X/@DefenceU)

Nesta terça-feira (21), o Exército Ucraniano afirmou ter destruído um navio de guerra da Rússia, o qual estava atracado no sul da Crimeia, região ocupada por Moscou desde 2014.  

O Estado-Maior da Ucrânia afirmou que as forças de Defesa ucranianas atingiram um navio de mísseis russo do projeto 22800 Tsiklon em Sebastopol, na noite do último dia 19. Tal navio seria de varredura de minas.

A Rússia afirmou que não houve feridos

A Rússia não se manifestou imediatamente. No dia dos fatos, o ministério da Defesa da Rússia afirmou que teriam derrubado nove mísseis ATACMS sobre a Crimeia, fabricados pelos Estados Unidos. Mikhail Razvozhayev, governador da área empossado pela Rússia, divulgou que ninguém foi ferido e que houve prejuízos em alguns prédios residenciais.

Segundo informações da Defesa Russa, o Tsiklon foi construído em um estaleiro de Kerch. Começou o serviço de combate em junho de 2023.  Porém, enquanto estava em serviço ativo, nunca disparou um míssil de cruzeiro.

Retirada de navios de guerra russos

A Marinha da Ucrânia atacou com mísseis e drones navais os navios russos no Mar Negro, por não ter uma frota naval robusta. Os ataques levaram os russos a transferirem a maior parte da frota para longe da península da Crimeia.

Dmytro Pletenchuk, porta-voz da Marinha ucraniana, informou que, dos cinco navios de guerra do projeto 22800 da Rússia, dois foram enviados ao Mar Cáspio, um está em um estaleiro e dois foram destruídos. As autoridades de Kiev acreditam que os ataques conseguiram minar a capacidade dos russos de fazerem ataques com mísseis, a partir do mar, em território ucraniano.


Veículo militar russo se deslocando em território russo
Rússia anuncia início dos exercícios táticos de armas nucleares próximo à Ucrânia (Foto: Reprodução/Instagram/@afpnewsagency)

O novo comandante e chefe do Exército da Ucrânia, Oleksander Sirki, afirmou que a situação é complexa e tensa na região. Segundo ele, os ocupantes russos continuam aumentando os esforços e superam as forças ucranianas em número. Ele acrescentou estarem tomando todas as medidas possíveis para minimizar as perdas e salvar a vida dos soldados.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...