INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Polícia Civil de São Paulo fecha fábrica clandestina de cervejas

A Polícia Civil de São Paulo descobriu uma fábrica clandestina que falsificava cervejas; os produtos foram apreendidos e 31 pessoas presas em flagrante

Colagem com fotos de cervejas falsificadas apreendidas
Foto Destaque: fábrica clandestina de adulteração de cervejas (Reprodução/Polícia Civil de São Paulo/G1)

Na noite desta quinta-feira (18), a Polícia Civil de São Paulo fechou uma fábrica de cerveja que adulterava os produtos e funcionava de maneira clandestina, na Zona Sul da capital. Durante o flagrante, 31 pessoas foram presas, algumas delas já tinham passagem pela polícia. Centenas de engradados, rótulos e tampas falsificados foram apreendidos.

Adulteração de marcas de cerveja

Os criminosos substituíam os rótulos e tampas das cervejas inferiores por marcas mais conhecidas, enganando os compradores. “O ‘processo de fabricação’ era realizado em oito mesas de trabalho, com rótulos alinhados, prontos para serem colados nas garrafas com cola, utilizando um rolo de tinta. As tampas das garrafas também eram retiradas, modificando a qualidade do produto, sendo colocadas novas tampas das marcas escolhidas. Questionados, nenhum dos presentes se apresentou como responsável ou forneceu nenhuma informação, alegando que apenas trabalhavam ali na produção ou carregando caixas”, explicaram os policiais. Os vizinhos da fábrica clandestina informaram à equipe policial que o local funcionava 24h por dia.



No boletim de ocorrência do caso, está escrito que: “Ficou evidente o objetivo em falsificar garrafas de cerveja, substituindo os respectivos rótulos e tampinhas de marcas de qualidade inferior, com o intuito claro de auferir lucro indevido”.

Prisão em flagrante

As 31 pessoas que trabalhavam no local foram presas em flagrante, sendo que três deles teve a prisão convertida em preventiva, por já haverem passagem pela polícia, inclusive cumprindo pena. Eles passaram a noite no 8º Distrito Policial, em Belenzinho.

Os agentes foram surpreendidos enquanto falsificavam produto alimentício destinado a consumo, tornando-os nocivos à saúde e reduzindo-lhes o valor nutritivo. [Os produtos eram] e manuseados inadequadamente, em local insalubre e sem qualquer condição de higiene”, consta no B.O.

Nesta sexta-feira (19), eles participaram da audiência de custódia, e foram autuados por associação criminosa e falsificação de gênero alimentício.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...