INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Presidente equatoriano Daniel Noboa se reúne com delegação dos EUA para reforçar cooperação internacional

Encontro histórico no Palácio de Carondelet visa soluções concretas para a crise desencadeada pela fuga do líder da facção Los Choneros

Presidente equatoriano Daniel Noboa se reúne com delegação dos EUA para reforçar cooperação internacional
Foto destaque: presidente equatoriano, Daniel Noboa, recebeu autoridades americanas na sede do governo (Reprodução/CNN Brasil)

Em uma tentativa de conter a crise de segurança desencadeada pela fuga do criminoso mais perigoso do Equador, Adolfo “Fito” Macias, o presidente Daniel Noboa recebeu, nesta segunda-feira (22), uma delegação de autoridades dos Estados Unidos. 

O enviado especial para as Américas, Christopher Dodd, e a Comandante do Comando Sul, Laura Richardson, foram recebidos no Palácio de Carondelet, sede do governo equatoriano, para discutir estratégias de cooperação em segurança e defesa.

Cooperação em segurança e defesa

Na reunião, que contou também com a presença da chanceler equatoriana Gabriela Sommerfeld e ministros de segurança, os países fecharam um acordo para intensificar a cooperação em segurança e defesa. 

Diante da escalada da violência no país sul-americano desde a fuga de “Fito” Macias, a parceria entre Equador e Estados Unidos ganha destaque como um esforço conjunto para enfrentar desafios relacionados ao terrorismo, tráfico de drogas e crime organizado transnacional.

Apoio dos EUA

Gabriela Sommerfeld, chanceler equatoriana, destacou a presença das autoridades americanas como um “sinal político potente e concreto” do apoio dos EUA à administração do presidente Daniel Noboa no conflito armado não internacional. A prioridade da cooperação bilateral é devolver a paz aos cidadãos equatorianos, enfrentando os desafios impostos pela crise de segurança.

Busca por soluções concretas


Presidente equatoriano Daniel Noboa se reúne com delegação dos EUA para reforçar cooperação internacional
Sommerfeld informou que o governo do Equador pede ampliação do acesso ao mercado norte-americano para seus produtos e serviços. (Foto: Reprodução/Expresso EC)

Além do compromisso em fortalecer a segurança, Sommerfeld revelou que o governo equatoriano solicitou mais acesso ao mercado norte-americano para seus bens e serviços. 

A medida visa contribuir para um ambiente propício à atração de investimentos e à criação de empregos no Equador, impulsionando a recuperação econômica em meio à crise.

Soluções para imigrantes equatorianos nos EUA

A chanceler equatoriana anunciou que ambos os países concordaram em trabalhar em direção a uma “migração organizada, segura, regular”. Além disso, o Equador expressou a necessidade de encontrar “soluções concretas” para os problemas enfrentados pelos imigrantes equatorianos nos Estados Unidos. 

A busca por obter o Status de Proteção Temporal para cidadãos equatorianos que buscam regularizar sua situação em solo norte-americano foi discutida como parte das negociações.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...