INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Tribunal ouvirá argumentos contra a proibição do TikTok nos EUA

O TikTok e a ByteDance devem apresentar as argumentações até junho e serão ouvidos em setembro

TikTok
Foto destaque: TikTok (Foto: Reprodução: ContraPonto)

Foi estabelecido nesta terça-feira (28), por um tribunal de apelações dos Estados Unidos, um cronograma acelerado para considerar as contestações feitas pelo TikTok referente à nova legislação que exige que a ByteDance se desfaça dos ativos do TikTok no país até 19 de janeiro ou enfrente a proibição do aplicativo.


Tribunal ouvirá argumentos contra a proibição do TikTok nos EUA
TikTok (Foto: Reprodução/CNN Brasil)

Depois do TikTok, a ByteDance e um grupo de criadores de conteúdo da rede se juntarem ao Departamento de Justiça dos Estados Unidos para solicitar um cronograma acelerado no início deste mês, o tribunal de apelações para o distrito de Columbia determinou que as contestações devem ser apresentadas por escrito até 20 de junho, para o Departamento de Justiça até 26 de julho, e as devidas réplicas até 15 de agosto.

A lei

Joe Biden, presidente dos Estados Unidos, sancionou, no dia 24 de abril, a lei que dá a empresa ByteDance até 19 de janeiro para vender o TikTok ou enfrentar uma proibição em que as lojas de aplicativos serão proibidas de disponibilizar o TikTok, impedindo que serviços de hospedagem na internet ofereçam suporte à aplicação. A lei foi aprovada pela maioria do Congresso poucas semanas depois da apresentação.


Tribunal ouvirá argumentos contra a proibição do TikTok nos EUA
Joe Biden (Foto: Reprodução/Wikipedia)

A preocupação de Biden é que a China tenha acesso aos dados de norte-americanos ou os espionem a partir do aplicativo.

TikTok e o público

Em uma pesquisa conduzida pela Nielsen para o próprio TikTok, foi revelado que 76% dos usuários da rede estão abertos a anúncios e 72% participam das hastags iniciadas pelas marcas.

Segundo o estudo, 88% dos usuários da rede acham que o TikTok é um lugar onde as pessoas podem se expressar abertamente, enquanto 81% do público sente que podem ser eles mesmos quando usam o app. Além de ser um negócio lucrativo para as empresas, já que na pesquisa é apontado que 1 em cada 3 pessoas compram algo através da plataforma que não estavam considerando comprar antes.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...