INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Donald Trump

Notícias

Trump é considerado culpado em julgamento sobre fraude e suborno

Ex-presidente dos EUA será sentenciado nos próximos dias pelo juiz Juan Merchan

Donald Trump, ex-presidente dos Estados Unidos, foi declarado culpado nesta quinta-feira (30), em um julgamento envolvendo a ocultação contábil de um pagamento de US$ 130 mil à atriz pornô Stormy Daniels. Esse pagamento ocorreu na reta final das eleições de 2016, ano em que Trump venceu Hillary Clinton.

Sentença em breve

Os jurados determinaram a culpa de Trump em 34 crimes, porém, a sentença ainda será decidida pelo juiz Juan Merchan. As acusações são classificadas como crimes leves de classe E no estado de Nova York, com penas máximas de quatro anos de prisão. Especialistas acreditam que é improvável que Trump cumpra pena em regime fechado.

Fatores que podem influenciar na pena incluem o fato de ser sua primeira condenação criminal, a natureza não violenta do crime, sua idade de 77 anos e seu histórico como ex-presidente dos EUA, com a possibilidade de concorrer novamente ao cargo. A expectativa é que a pena resulte em uma multa e liberdade condicional.

Trump ainda pode disputar a presidência

Apesar de ser a primeira vez que um ex-presidente dos EUA é condenado criminalmente, isso não impede Trump de concorrer à presidência novamente. A Constituição dos Estados Unidos exige apenas que o candidato tenha nascido no país, tenha pelo menos 35 anos e resida nos EUA por 14 anos. Portanto, Trump poderá participar das eleições de 5 de novembro de 2024, mesmo com a condenação.


Acompanhe detalhes do caso com o ex-presidente Trump (Vídeo: reprodução/YouTube/Brasil Urgente)



Detalhes do julgamento

O julgamento teve início em 15 de abril com a seleção dos jurados e foi conduzido pela promotoria liderada por Alvin Bragg. A acusação central foi de que Trump interferiu nas eleições de 2016 ao pagar para “comprar o silêncio” de Stormy Daniels, impedindo que ela divulgasse um suposto encontro sexual com Trump em 2006.

David Pecker, diretor do tabloide “National Enquirer”, colaborou com a campanha de Trump pagando por histórias prejudiciais ao então candidato, sem publicá-las. Michael Cohen, ex-advogado de Trump, foi a principal testemunha da acusação, afirmando ter pago a Daniels com recursos próprios e sido reembolsado por Trump, com o pagamento registrado falsamente como honorários advocatícios.


Além desta condenação, Trump enfrenta outras três acusações criminais. Elas incluem a tentativa de se manter no poder após perder as eleições de 2020, a tentativa de reverter o resultado eleitoral na Geórgia e a posse indevida de documentos sigilosos após deixar a presidência. Nenhum desses casos tem julgamento previsto para este ano.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...