INMAG | Todos os direitos reservados.

Hi, what are you looking for?

Notícias

Trump quebra recordes de arrecadação eleitoral um dia após condenação por fraude

Empresário se tornou o primeiro ex-presidente dos Estados Unidos a ser condenado por um crime

Trump quebra recordes de arrecadação eleitoral um dia após condenação por fraude
Foto destaque: Donald Trump é condenado por fraude. (reprodução/Unsplash)

No dia 31 de maio, 24 horas após ser condenado 34 vezes por fraude, o ex-presidente Donald Trump arrecadou US$ 52,8 milhões (cerca de R$ 278 milhões) para sua campanha presidencial, quebrando recordes online para o Partido Republicano. O valor deixa o pré-candidato à Casa Branca mais perto da marca de seu adversário político, Joe Biden, que captou US$ 84 milhões (R$ 444 milhões) em fundos eleitorais pelo Partido Democrata em 2024.

Após mais de um mês de julgamento, na última quinta-feira (30), Donald Trump foi condenado de forma unânime por um júri nova-iorquino por fraude fiscal, ao fazer pagamento de propina à atriz pornô Stormy Daniels durante a reta final das eleições presidenciais de 2016. Por meio de seu então advogado, Michael Cohen, o empresário teria pago US$ 130 mil para ela não revelar à imprensa um caso extraconjugal que os dois tiveram uma década atrás, o que prejudicaria sua campanha. O valor foi registrado como parte dos honorários pagos ao advogado, que é uma das testemunhas no caso. Em depoimento à justiça, Trump nega qualquer relação entre ele e a atriz.

As recentes acusações judiciais enfrentadas chamam atenção para a figura polêmica do ex-presidente, e a alta arrecadação após a condenação pode evidenciar isso. Enfrentando outros três processos na justiça americana, ele se declara inocente em todos eles e alega perseguição política. Entre os crimes pelos quais está sendo julgado, estão a obtenção de documentos da defesa nacional da Casa Branca, que foram achados em sua residência na Flórida após ele deixar a presidência, e a tentativa de interferência nas eleições federais de 2020.


Trump quebra recordes de arrecadação eleitoral um dia após condenação por fraude
Ex-presidente Donald Trump durante o julgamento por fraude. (Foto: reprodução/Jabin Botsford/Pool/Reuters)

Os valores arrecadados para a campanha presidencial do empresário só podem ser comprovados em alguns meses, quando o “WinRed”, plataforma de processamento online para os republicanos, e os comitês de campanha apresentarem os registros na Comissão Eleitoral Federal. A condenação do ex-presidente também impulsionou as doações para a campanha democrata, ainda que em menor escala. O partido de Joe Biden arrecadou quase US$ 1,3 milhão em uma hora, durante a noite do veredito, segundo a “ActBlue”, que processa as contribuições do partido.

Apesar da condenação ter ocorrido na semana passada, a sentença só será proferida pelo juiz do caso, Juan Merchan, em 11 de julho. Fatores como a idade do empresário, 77 anos, e o fato de, por ser ex-presidente, possuir proteção vitalícia do Serviço Secreto, serão considerados na hora da sentença, por isso, é improvável que ele seja preso. 

Além disso, ele ainda pode ser eleito pela população norte-americana. A Constituição dos Estados Unidos não possui nenhuma regra específica em que um condenado da justiça não possa se candidatar à Casa Branca.

Clique para comentar

Leave a Reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

Mais lidas

Empreender na Prática

Não há contradição entre frescor, relaxamento e bem-estar. Na rotina de self-care, os body splashes se tornaram protagonistas quando assunto é refrescar o corpo...

Saúde e Bem Estar

A Massagem Nuru é uma prática terapêutica que tem origem no Japão e se tornou cada vez mais popular em diversos países, incluindo o...

Celebridades

O cantor foi fotografado ao lado da esposa Bianca Censori. Ele estava mascarado e ela nua, sob uma capa de chuva transparente.

Magazine

Quem conhece Nicole Bahls, sabe que ela é babado, confusão e alegria, por onde passa deixa seu rastro de carisma e felicidade. Nicole é...