Esportes

11ª rodada das Eliminatórias da Copa acontecerá nesta quinta- feira

07 Out 2021 - 19h00 | Atulizado em 07 Out 2021 - 19h00
11ª rodada das Eliminatórias da Copa acontecerá nesta quinta- feira

O líder das eliminatórias para a Copa do Mundo de 2022 liderou a corrida com 100% de aproveitamento após oito jogos, e Celesan voltou a campo na noite de quinta-feira contra a lanterna do jogo. Às 20h30 (horário de Greenwich), o Brasil enfrentará a Venezuela no Estádio Olímpico UCV, em Caracas, pela 11ª rodada. Globo, SportTV e GE transmitiram o jogo ao vivo para todo o Brasil. Apesar de as duas equipes diferirem em 20 pontos no ranking das eliminatórias, a partida do Brasil contra a Venezuela na primeira fase não foi fácil. Em duelo no Morumbi em novembro passado, o time comandado por Tite venceu por pequeno 1 a 0, e na estreia deste ano na Copa América, seu placar é mais flexível: 3 a 0.

Mesmo que apenas 21% da população esteja totalmente vacinada contra a Covid-19, a Venezuela decidiu vender ingressos para este jogo. Existem aproximadamente 8.000 ingressos disponíveis, e eles não foram vendidos até o dia anterior ao jogo.

O Brasil tem um histórico muito bom contra os venezuelanos, e os venezuelanos só venceram uma vez em 27 jogos. As Canárias têm 23 vitórias e 3 empates. Vale lembrar que os quatro primeiros colocados nas eliminatórias disputam a Copa do Mundo do Catar, quinto na semifinal. O matemático Tristão Garcia calculou que a probabilidade de classificação do brasileiro é de 99%. O jogo terá transmissão na TV Globo, com comentários de Galvão Bueno e comentários de Caio Ribeiro e Júnior. O SporTV também exibiu o jogo, narrado por Milton e comentado por Mauricio Noriega e Paul Nunez.


Brasil e Venezuela disputam pela Eliminatória da Copa ( Foto: Reprodução/ ESTADÃO). 


Nas possíveis escalações relacionadas a Venezuela-Leonardo Gonzalez, com apenas uma vitória em nove jogos (vitória sobre o Chile), "Vinoto" tem poucas chances de se classificar para a Copa do Mundo do Catar. Eles estão ansiosos para participar das eliminatórias para proteger sua dignidade e abrir caminho para um futuro melhor.

https://inmagazine.com.br/post/Guerra-declarada-entre-Flamengo-e-CBF-ganha-novo-capitulo

https://inmagazine.com.br/post/Jogador-e-preso-apos-agredir-arbitro-durante-jogo-pelo-campeonato-gaucho

https://inmagazine.com.br/post/Jogador-Felipe-Melo-pode-ser-preso-no-Uruguai

Como nos três jogos do mês passado, a equipe será comandada pelo técnico interino Leonardo González, que também é capitão do Deportivo Lara. Para este jogo, ele tem importantes corrupções, como Savarino e Rondon. Sauterdo, ex-jogador do Santos, atualmente joga no Toronto Football Club, é uma das principais esperanças da Venezuela. Otero, ex-Atlético-MG e Corinthians, estava na lista restrita, mas foi excluído da lista final. Mikel Villanueva, Savarino e Joseph Martinez (lesionados) e Salomon Rondon (Everton pediu que os jogadores não viajassem, a Federação Venezuelana aceitou) serão excluídos desta vez.

Já relacionado ao Brasil-Técnico: Tite, os julgamentos trouxeram novidades deste jogo. Foi principalmente a estreia do lateral-esquerdo Gilhem Alana. O jogador do Atlético-MG, campeão olímpico nipônico, substituirá Alex Sandro. Outra mudança é o objetivo. O goleiro de Allison voltou ao time titular e derrotou Edson (titular na final da Copa América) e Weaverton (disputou as últimas rodadas das eliminatórias). No meio, Fabinho conseguiu a vaga de Casemiro porque seus dentes do siso estavam infeccionados. No ataque, Tite usará a dupla de Gabriel: Jesus e Gabigol. Casemiro (devido a infecção dentária), Matthew Scuna (devido a lesão na coxa), Douglas Luiz (que atuará diretamente na Colômbia) e Neymar (que será suspenso pelo terceiro cartão amarelo) estarão ausentes, destacando Tia Gosilva, de Edmiltang, Gerson, Lucas Paquetá, Gabriel Jesus e Gabigol estão pendurados. 

Sobre a arbritagem teremos Kevin Ortega, do Peru, será o árbitro, tendo como auxiliares Michael Orue e Jesus Sanchez, ambos do Peru, já José Mendez, do Paraguai será o quarto árbrito, tendo como var Eber Aquino, do Paraguai.

 

 

Foto destaque: Eliminatórias da Copa do Mundo. Reprodução/Robert Cianflone/ Getty Images).