Notícias

A preparação para a chegada do 5G

06 Nov 2021 - 12h30 | Atulizado em 06 Nov 2021 - 12h30
A preparação para a chegada do 5G

Com a abertura do mercado para a nova tecnologia do 5G, algumas sanções são impostas a empresas que estão aptas a adquirirem essa nova conexão. Essa busca por novas receitas e modelos de tecnologia, favorecem o crescimento e desenvolvimento em geral que vão além de uma telefonia móvel.

Os prazos estipulados são convincentes e animadores, apesar de, diversos países já possuem infraestrutura adequada com funcionamento integral desta tecnologia. A expansão do 5G será de forma gradual, obedecendo aos padrões impostos pela Anatel, priorizando as rodovias federais e as escolas de ensino básico, estes por sua vez, serão de responsabilidade dos proprietários que obterem essa conexão.


 Escola de ensino básico, preferências da nova conexão.(Foto: Reprodução/Pronatec)


O desenvolvimento se dá de forma gradativa, entregando primeiro o 4G, até 2024 em todas as rodovias federais, para então, atingir o pré-requisito da tecnologia 5G ser de fato implementada. Entenda que, apenas a instalação de fibra óptica e antenas adequadas, não são os únicos processos suficientes para receberem seus usuários, isso abre espaço para a modernização, mas os telefones móveis também precisam ter as funções requisitadas pela nova tecnologia, que foram implantadas apenas em lançamentos bem recentes, aparelhos móveis mais modernos.

Essa novo turbo tecnológico, irá modificar a forma como nos comunicamos, a velocidade e o upgrade dos objetos já é realidade dentro desse processo, algumas cidades já possuem seus responsáveis pela implantação em partes, a Algar(MG, MT e SP), CLOUD2U(Sudeste), BrisaNet(Nordeste, Centro-Oeste).

https://inmagazine.ig.com.br/post/Taxa-de-desemprego-apresenta-leve-recuo-no-Brasil

https://inmagazine.ig.com.br/post/Auxilio-gas-e-aprovado-para-familias-de-baixa-renda

https://inmagazine.ig.com.br/post/Mesmo-revogada-o-Bolsa-Familia-ajudou-a-reduzir-a-pobreza

De forma estendida, entende-se que a implantação completa desta nova conexão, o 5G já alcance as escolas públicas de ensino básico até 2024, e que este seja realidade até o ano de 2029, para residências e agronegócio, que já não vê a hora de modernizar esse processo de máquinas e plantações.

O 5G será divido por regiões, conforme o seu total de habitantes e a infraestrutura que possuem, fazendo com que já seja realidade no ano de 2022 para os “modernizados” desta lista, como capitais do Brasil e Distrito Federal, até as grandes cidades que tem previsão para o ano de 2029, até porque a implantação necessita de tempo e recursos adequados.

Foto destaque: Maranhão se prepara para a chegada do 5G. Reprodução/Fábio Pozzebom/Agência Brasil