Notícias

Acionista majoritária da rede Pernambucanas, em coma a seis anos é centro de disputa por herança.

04 Jul 2022 - 11h00 | Atulizado em 04 Jul 2022 - 11h00
Acionista majoritária da rede Pernambucanas, em coma a seis anos é centro de disputa por herança.

Anita Harley em coma a seis anos, vítima de um acidente vascular cerebral, não tem filhos biológicos e agora é centro de uma disputa judicial. Uma decisão tomada a pouco tempo reconheceu Arthur Miceli, filho de Sônia Aparecida Soares, uma funcionária que morou com Anita por 20 anos e afirma ser sua esposa, como filho socioafetivo, que pode se tornar seu único herdeiro de uma quantia avaliada em 2 bilhões de reais, porém parentes e amigos alegam que se trata de um golpe.

A sócia majoritária da rede Pernambucanas se encontra presente em sinais vitais, mas sua consciência não está presente. Causando uma ausência de respostas.

Por outro lado, em 1999, Anita em testamento diz que sua assessora, Cristine Rodrigues deveria tomar as decisões e responder por ela, caso estivesse incapacitada ou inconsciente. Porém, atualmente o filho de sua outra funcionária que também alega ser sua esposa, é o herdeiro universal.


Anita Harley e Cristine Rodrigues. Reprodução.


Em abril, Cristine entrou com um novo processo, em que pode novamente mudar os cursos dessa história, o reconhecimento de união estável com Anita. Questionada o porquê da decisão, Cristine não quis dizer: “Eu não posso responder, meu advogado não permite que eu responda”.

Anita tem 48% das ações do grupo que gere a rede de varejo Pernambucanas, a empresa tem 470 lojas em 15 estados, com 16 mil funcionários.

Prima de Anita, Andrea Ludgren, ao saber da informação, se mostrou surpresa e criticou toda a informação envolvendo os bens de Anita. “Cristine? Mentira! Eu sei que só um milagre vai fazer ela levantar da daquela cama, mas eu queria tanto que ela levantasse para ela ver o que está acontecendo, o que estão fazendo com ela”, lamenta.

Foto de destaque: Anita Harley. Reprodução.