Notícias

Aeronaves da Azul e Gol colidem em pátio do aeroporto de Viracopos

30 Abr 2022 - 12h40 | Atulizado em 30 Abr 2022 - 12h40
Aeronaves da Azul e Gol colidem em pátio do aeroporto de Viracopos

Um incidente na noite desta sexta-feira (29), envolvendo uma aeronave da compania aérea Gol Linhas Aéreas, um Boeing 737-800, colidiu com outra aeronave da Azul Linhas Aéreas, um Embraer 195, ao taxiar no pátio do Aeroporto de Viracopos, em Campinas. A aeronave da Azul estava vazia, parada no pátio. O avião da Gol saiu do Aerporto Santos Dumont, no Rio de Janiero, com destino ao interior de São Paulo.

Em apuração realizada pela CNN Brasil, a assessoria da companhia aérea Gol informou que, durante o procedimento de táxi, a ponta da asa da aeronave (winglet) atingiu por acidente a ponta da cauda de uma aeronave (APU) da Azul, um Embraer 195. “Os passageiros da GOL desembarcaram em Segurança e a aeronave foi disponibilizada para engenharia e manutenção para avaliação e reparo”, afirmou a Comphania Gol.


Winglet (ponta verticalizada das asas) do Boeing da Gol danificada Reprodução/TV Cultura - Uou


A companhia Azul disse por meio de nota que a parte traseira (APU) da fuselagem foi danificada. “A Azul destaca que não houve feridos e que a aeronave da empresa estava vazia e parada em pernoite. O avião foi colocado à disposição da equipe de manutenção para os reparos necessários”, afirma o comunicado emitido à CNN Brasil.

O aeroporto de Viracopos confirmou o incidente. “A colisão ocorreu às 21h29 do dia 29 de abril quando a aeronave da GOL com 56 passageiros (Boeing 737-800 procedente do Aeroporto Santos Dumont – RJ) havia acabado de pousar. A aeronave fazia o taxiamento para se deslocar para o estacionamento, quando se chocou com a parte traseira da aeronave Embraer 195, da Azul, sem passageiros e estacionada no pátio”, informou a concessionária. O acidente será investigado pelo Cenipa (Centro de Investigação e Prevenção de Acidentes Aeronáuticos) do Comando da Aeronáutica.

Ninguém se feriu, as duas aeronaves envolvidas no incidente já foram liberadas para manutenção por suas companhias aéreas.

 

Foto destaque Wigled danificada em avião da Gol Reprodução/CNN Brasil