Money

Agora em Portugal Hub do Quinto Andar vai abrir oportunidades para novos talentos

05 Nov 2021 - 19h56 | Atulizado em 05 Nov 2021 - 19h56
Agora em Portugal Hub do Quinto Andar vai abrir oportunidades para novos talentos

 

O Quinto andar, startup do mercado imobiliário que são conhecidas no mercado como Proptechs, conhece muito bem os quatro pilares fundamenatais para atuar com resultados. Inovação, escalabilidade, replicabilidade e incerteza mercado.

E sabendo que de todos esses a inovação deve estar sempre à frente. A propotech conta com um Hub (concentrador: permite a conexão de computadores de uma rede possibilitando a troca de informações).

O objetivo da ação é abrir oportunidade para o surgimento de novos profissionais pelo mundo.

Com avaliação de aproximadamente R$ 31,4 bilhões, seu último aporte recebido em agosto deste ano teve uma estimativa de R$ 673 milhões, comunicou quinta-feira (4), a implantação de um centro de tecnologia na capital portuguesa, Lisboa.


Quinto Andar quer dar oportunidades para novos talentos da europa. Foto: (Reprodução/Olhardigital).


A previsão para que as instalações estejam funcionando é de quatro meses, março de 2022. No começo o Hub abrigará 50 profissionais. Mas a finalidade do projeto é captar promissores talentos da tecnologia para atuarem pelo quadro de colaboradores da startup.

O CEO da proptech, Gabriel Braga, disse à Forbes Brasil. 

Temos dois eixos importantes, o primeiro é nossa expansão internacional que passa pela abertura de uma operação no Mexico em 2022. O segundo é ter instalado em um local estratégico como Portugal um centro estruturado que nos ajude a trair talentos da tecnologia. E ele vai funcionar independentemente de uma estratégia de expansão internacional. Nosso objetivo com esse Hub é oferecer um produto de alto nível global e para isso precisamos de talento neste mesmo patamar”, diz executivo do Quinto Andar.

A europa é uma mina de outro quando o assunto são novos talentos e também essa mudança é uma estratégia tecnológica. O Executivo, continua sua esplanação.

É uma região que tem muitos brasileiros, mas também atrai muita gente do resto do mundo. Tem um estilo de vida cosmopolita e Lisboa não é tão cara em relação a outras cidades. Vemos que agora co o novo estilo de trabalho híbrido também existem muitas oportunidades.”

https://inmagazine.ig.com.br/post/Azul-tem-oferta-pronta-para-comprar-a-totalidade-dos-ativos-da-Latam-Airlines-Group

https://inmagazine.ig.com.br/post/Elon-Musk-viraliza-mais-uma-polemica-envolvendo-o-Programa-Mundial-de-Alimentos

https://inmagazine.ig.com.br/post/Na-vespera-do-feriado-de-finados-mercado-respira-aliviado-com-a-alta-do-Ibovespa-que-em-novembro-subiu-2

O Quinto Andar precisa sempre de novos profissionais extremamente qualificados no segmento de tecnologia para acompanhar o ritmo global.

“ Ter um time diverso e global, inserido em varias culturas, é como uma caixa de ferramentas que permite adaptação a diferentes realidades. Agora, voltando ao outro eixo, da expansão internacional, temos o mercado mexicano como foco e é importante frisar que cada país possui leis e estruturas muito especifias e é importante conhece-los muito bem antes de nos estabelecermos. Estamos felizes em estar em um dos centros tecnológicos mais vibrantes e que mais crescem hoje. Portugal foi a escolha óbvia para nós pela sua localização estratégica na Europa”, diz, Gabriel Braga.

O CTO do Quinto andar André Penha, argumenta que a estratégia desse movimento indo para Portugal é ter mais autossuficiência. 

“A razão pela qual lideramos o cenário de técnologia imobiliária na maerica latina é nossa capacidade e inovar. Agora estamos aumentando ainda mais nosso investimentos em tecnologia e disign, e estamos entusiasmados em trazer engenheiros de software, cientistas de dados, designers e gerentes de produto para criar novos produtos que vão levar soluções de moradia de uma forma mais fácil e escalável para todos."  

Foto destaque: Reprodução/ CatacraLivre.