Cinema/TV

Alec Baldwin é inocentado em investigação após morte de diretora

22 Abr 2022 - 10h00 | Atulizado em 22 Abr 2022 - 10h00
Alec Baldwin é inocentado em investigação após morte de diretora

O ator Alec Baldwin foi inocentado na investigação sobre o caso da morte da diretora de fotografia Halyna Hutchins, que morreu em outubro do ano passado após ser atingida por um disparo acidental durante as gravações do filme “Rust”. A informação a respeito da inocência do ator foi divulgada pelo advogado dele em uma publicação no Instagram.


Alec Baldwin no tribunal.  (Reprodução/ Alec Tabek/AP)


O advogado agradeceu ao Departamento de Saúde e Segurança Ocupacional do estado do Novo México, nos Estados Unidos. Segundo a defesa do ator, o órgão absolveu Baldwin de culpa e entendeu que o ator não sabia que a arma estava carregada. O relatório também reconhece que a autoridade de Alec Baldwin no set de filmagens se limitava apenas à aprovação de mudanças no roteiro e de membros da equipe criativa. Que o ator não seria responsável pela equipe que cuida dos elementos cenográficos, como as balas de festim. “Estamos satisfeitos que os funcionários do Novo México tenham esclarecido essas questões críticas. Estamos confiantes de que os indivíduos identificados no relatório serão responsabilizados por esta tragédia”, falou o representante do ator. As autoridades do Novo México multaram a produtora responsável pelo filme, a Rust Movie Productions LLC em US$ 137 mil (cerca de R$ 630 mil).


Alec Baldwin nos bastidores do filme de faroeste 'Rust'(Reprodução/Instagram)


No dia 21 de outubro, Baldwin atirou acidentalmente com uma arma cenográfica contra a diretora de fotografia Halyna Hutchins. O diretor Joel, também foi ferido, mas teve alta no dia seguinte. O filme, que estava sendo gravado no estado do Novo México, nos Estados Unidos, teve as filmagens suspensas por tempo indeterminado. "Rust" é um filme de faroeste estrelado e coproduzido por Baldwin com direção de Joel. Segundo a polícia, a arma estava carregada com uma bala de verdade. O assistente de direção Dave Halls teria dito ao ator que ela estava "fria", ou seja, sem munição. O profissional já teria, inclusive, sido demitido de outra produção por outro problema com um disparo acidental. Há ainda relatos de que antes do acidente fatal, outros dois tiros acidentais ocorreram no set. A falta de segurança no local fez com alguns membros da equipe pedissem demissão.


Halyna Hutchins morreu após tiro disparado por Alec Baldwin (Reprodução/Instagram)


Após o acidente trágico, o ator fez uma publicação nas redes sociais: “Não há palavras para expressar meu choque e tristeza pelo trágico acidente que tirou a vida de Halyna Hutchins, esposa, mãe e muito admirada colega nossa. Estou cooperando totalmente com a investigação policial para resolver como essa tragédia ocorreu”, disse Alec. 

Foto destaque: Alec Baldwin. Reprodução/Alex Tabak /REUTERS

Mais Lidas