Notícias

Aliança rachada: Rússia e Finlândia estremessem relações por gás

20 Mai 2022 - 17h05 | Atulizado em 20 Mai 2022 - 17h05
Aliança rachada: Rússia e Finlândia estremessem relações por gás

Os Russos irão interromper o fornecimento de gás natural para a Finlândia, pelo simples fato de que os finlandeses esta semana confirmaram a sua candidatura para membro da Organização do Tratado do Atlântico Norte (Otan). Ou seja, a estatal finlandesa de energia Gasum informou ter sido comunicada pela russa Gazprom de que o abastecimento seria bloqueado às 7 horas deste sábado (21). Porém, os mesmos garantiram que os clientes não seriam afetados.

"Nós nos preparamos com cuidado para essa situação e seremos capazes de fornecer gás a todos os nossos clientes nos próximos meses", afirmou o CEO  da Gasum, Mika Wiljanen, definindo assim a retaliação Russa como "deplorável".

Apesar de a Gasum não ter anunciado os motivos para o término do fornecimento de gás russo, as empresas da Finlândia têm se recusado a implementar as novas imposições de pagamento da Rússia para poder receber em rublos. Decerto, o fornecimento também foi paralizado o fornecimento de energia elétrica da Rússia para os finalandeses nessas últimas semanas, pelo fato de ser alegado o não pagamento das tarifas.


Empresa Gasum - Foto: Reprodução/Divulgação


O bloqueio contra a nação escandinava, no entanto, foi anunciado após seu pedido de adesão à Otan, aliança militar ocidental  acusada por Putin de ter a Rússia como inimiga. Decerto, assim como a Suécia, os finalndeses mantinham laços políticos de neutralidade entre o Ocidente e Moscou, mas ambos os países deixaram de lado essa estratégia principalmente pelo fato da invasão russa à Ucrânia, que não faz parte da aliança euro-atlântica.

 

Foto de Destaque: Rússia irá interromper fornecimento de gás para finalandia. Reprodução/Divulgação.