Tech

Amazon faz atualização na Alexa após robô assistente sugerir desafio perigoso a criança de 10 anos

30 Dez 2021 - 16h40 | Atulizado em 30 Dez 2021 - 16h40
Amazon faz atualização na Alexa após robô assistente sugerir desafio perigoso a criança de 10 anos

Recentemente, a multinacional de tecnologia Amazon fez uma atualização no software da Alexa após o robô assistente sugerir um desafio perigoso a uma criança de 10 anos: encostar uma moeda nos pinos de um carregador de smartphone enquanto o aparelho estivesse conectado a uma tomada.

A assistente sugeriu a ação após uma garotinha de 10 anos solicitar um desafio.

“Insira o carregador do celular até a metade em uma tomada na parede e depois toque com uma moeda na parte exposta dos pinos”, propôs a robô Alexa.

A empresa divulgou que o erro foi consertado assim que tomou conhecimento do ocorrido.


Robô Echo Dot cujo software é comando pela Alexa. (Foto: Reprodução/Lazar Gugleta).


A mãe da menina, Kristin Livdahl, narrou o acontecimento em sua conta pessoal no Twitter: “Estávamos fazendo alguns desafios de exercícios físicos como ficar deitada ou rolar segurando um sapato com os pés, passados por um professor no YouTube um pouco antes. Ela queria mais um [desafio]”.

Nisso, a Alexa sugeriu que participassem de um desafio “encontrado na internet”. A brincadeira perigosa já foi bastante difundida nos vídeos da plataforma chinesa TikTok e é conhecida como “o desafio da moeda”.

Risco de perder membros do corpo

Superfícies metálicas, como as de uma moeda, conduzem eletricidade, e sua interação com pinos conectados numa rede elétrica pode provocar choques, incêndios e consequências dolorosas como perder partes do corpo.

“Você pode perdes dedos, mãos, braços. O resultado é que alguém pode ficar seriamente ferido”, informou o Michael Clusker, responsável pelo Corpo de Bombeiros na cidade Carlile (Inglaterra), ao jornal The Press.

A Amazon informou a BBC que fez uma atualização no software da Alexa a fim de que a assistente não fizesse tal sugestão no futuro.

https://inmagazine.ig.com.br/post/Amazon-divulga-resultados-de-terceiro-semestre-de-2021

https://inmagazine.ig.com.br/post/Amazon-sofre-boicote-no-mundo-enquanto-ativistas-bloqueiam-centro-distribuidor-no-Reino-da-Gra-Bretanha

https://inmagazine.ig.com.br/post/Amazon-pretende-abrir-lojas-fisicas-nos-Estados-Unidos-segundo-jornal


“A confiança do cliente é o centro de tudo que nós fazemos e a Alexa é pensada para passar informações precisas, relevantes e úteis aos nossos consumidores. Assim que soubemos desse erro, nós tomamos uma rápida ação para consertá-lo”, disseram ao jornal.

 

Foto de destaque: Reprodução/Yender Gonzalez.