Celebridades

Amber Heard muda sua equipe de assessoria de imprensa após repercussão negativa sobre processo movido por Johnny Depp

02 Mai 2022 - 19h27 | Atulizado em 02 Mai 2022 - 19h27
Amber Heard muda sua equipe de assessoria de imprensa após repercussão negativa sobre processo movido por Johnny Depp

Após a repercussão negativa na mídia sobre o julgamento movido contra Amber Heard pelo ator Johnny Depp, a atriz e modelo demitiu toda sua equipe de assessoria de imprensa. Segundo o jornal New York Post a decisão foi tomada às vésperas das sessões com os depoimentos dela na corte da cidade de Fairfax, no estado norte-americano da Virgínia, e que Amber já teria contratado outra empresa para cuidar de sua imagem, a Shane Communications. 

O jornal nova iorquino também compartilhou ter tentado entrar em contato com as duas assessorias porém nenhuma das duas partes se pronunciou em público em relação às mudanças recentes. 

“Ela não está satisfeita com as manchetes”, disse uma das fontes do New York Post que conhece a modelo. Outro contato afirmou: “Ela está frustrada com a forma como a história dela está sendo contada”.

No processo de difamação movido por Depp por um artigo publicado por Heard em 2018 no jornal Washington Post, refletindo sobre suas experiências como vítima de violência doméstica, o ator pede US $50 milhões (249 milhões de reais) em indenização. Já Heard processou de volta pelo dobro do valor: US $100 milhões. 


Amber e Johnny Depp em audiência (Reprodução/RTL Boulevard)


O julgamento do processo promovido por Depp está sendo transmitido ao vivo na internet, desde o dia 11 de abril, e acumula milhões de visualizações nas redes. A atriz de Aquaman (2018) tentou que as câmeras não fossem permitidas, mas, a equipe de Depp conseguiu o aval de expor as sessões. 

As sessões têm chamado atenção da mídia e dos fãs pelos acontecimentos expostos ao público. É possível ver fotos de dejetos humanos (que Depp afirma ser de Amber) na cama do casal e imagens do dedo de Johnny que teria sido cortado por Heard. O casal ficou noivo em 2014 e se casou um ano depois, em uma cerimônia privada. Porém, em 23 maio de 2016, a atriz pediu o divórcio de Depp. Após quatro dias, alegou agressão física por parte do ator, que teria jogado um celular em seu rosto e conseguiu uma ordem de restrição temporária. Em 2018, Heard escreveu um artigo para o jornal americano, no qual se definia como “uma figura pública que representa o abuso doméstico” e que sentiu “toda a força da ira de nossa cultura pelas mulheres”. Depp nega toda a acusação.

Foto Destaque: Amber Heard (Reprodução/RTL Boulevard)