Money

Americanas tem prejuízo de R$ 137 milhões entre janeiro e março

13 Mai 2022 - 16h38 | Atulizado em 13 Mai 2022 - 16h38
Americanas tem prejuízo de R$ 137 milhões entre janeiro e março

Na última quinta-feira (12), a Americanas informou que teve prejuízo líquido de R$ 137 milhões no primeiro trimestre deste ano. O resultado negativo é menor se comparado um ano antes, quanto foi de 224 milhões de reais. Mas a quantia seria maior, chegando a R$ 238,2 milhões, se não excluísse o efeito não recorrente do ágio da Local.

Outro ponto informado foi o crescimento de vendas e ganho de margem operacional nos primeiros meses do ano. A vendas totais cresceram 21,7% ano a ano, e a receita líquida elevou para R$ 6,765 bilhões em 28,4%, com base ativa de cliente crescendo 8% em 12 meses.

Segundo dados da Refinitiv, a expectativa média de analistas era de receita líquida de R$ 6,41 bilhões.

No balanço divulgado, a varejista afirma que se não fosse o ataque hacker sofrido no final de fevereiro, “o crescimento (do GMV) teria sido de 30%”. No caso, a Americanas perdeu 923 milhões de reais, em vendas, pois os sites da empresa ficaram dias fora do ar.


Americanas teve prejuízo, mesmo com crescimento de vendas. (Reprodução/Shutterstock)


Para os analistas, o resultado operacional medido pelo lucro antes de juros, impostos, depreciação e amortização (Ebtida), seria de R$ 596 milhões. Na realidade, a empresa informou que a Ebtida foi para 659,7 milhões, crescendo 57,9%.

Já o resultado financeiro foi negativo, pois segundo a Americanas refletiu “os efeitos da elevação da taxa básica de juros”. O dado foi 82,3% maior em relação ao ano passado, ou seja, 462,8 milhões de reais.

Além da queima de caixa, devido ao desempenho à sazonalidade do período, que foi de 1,766 bilhões de reais.

Outros avisos foram feitos, como o reforço do projeto em investir em 20 startups durante este ano. As empresas estarão voltadas para a tecnologia, cibersegurança, fintech, logística e anúncios. E, informou a inauguração de 28 novas lojas em 2022, totalizando 3.581. 

 

Foto destaque: Americanas, loja varejista. Divulgação