Reality

Antes mesmo da estreia, Globo já tem dor de cabeça com novo No Limite

03 Mai 2022 - 14h31 | Atulizado em 03 Mai 2022 - 14h31
Antes mesmo da estreia, Globo já tem dor de cabeça com novo No Limite

Nesta terça (03) estreia a nova edição do reality No Limite. Mas ao contrário do que a direção da Rede Globo imaginava, a atração já está dando dor de cabeça. 

Um dos motivos que causa preocupação para a emissora é que até agora o programa só tem dois patrocinadores fechados. Todas as marcas que anunciaram na edição anterior, deixaram o reality. 

No total nove marcas, como, Skol, Claro, iFood, Unilever, Itaú, Amazon, TikTok, Hypera Pharma e Hoteis.com, que anunciaram na edição de 2021 do programa, não quiseram a exposição de suas marcas esse ano.

Até o seu primeiro episódio, a atração, que será comandada por Fernando Fernandes, conta apenas com a exposição da montadora Jeep e dos chocolates Lacta. A Globo ainda tenta vender as cotas no mercado para desencalhar o reality.

Em 2021, com o grande sucesso e audiência dos realitys, a Globo voltou a produzir o programa após 12 anos. Para chamar a atenção do público, o diretor Boninho escalou apenas ex-bbbs. Mesmo com essa estratégia depois dos primeiros episódios a audiência começou a despencar. 

Além disso, o programa foi apresentado por André Marques, que foi muito criticado pelo público, não é o apresentador da edição desse ano. 


No Limite 2021 (reprodução/ Gshow)


Nesse ano a atração contará apenas com anônimos. Assim como na edição de 2009, o cenário das gravações irá acontecer na Praia do Coqueiral, em Flecheiras, cidade de Fortaleza.  

Esse ano também o programa será exibido em três dias. Nas terças e quintas, e aos domingos com uma edição especial onde a Ana Clara entrevistará os eliminados da semana. 

O prêmio para quem ganhar o jogo é de 500 mil reais. A final está prevista para o dia 7 de julho, com uma dinâmica ao vivo para descobrir o campeão, e assim evitar spoilers.

 

Foto destaque: Fernando Fernandes (reprodução/ Gshow)