Celebridades

Após 13 anos sob tutela do pai, Britney Spears está livre

12 Nov 2021 - 22h24 | Atulizado em 12 Nov 2021 - 22h24
Após 13 anos sob tutela do pai, Britney Spears está livre

O fim da tutela de Britney Spears foi determinado na tarde desta sexta-feira (12) em uma audiência. A decisão da juíza do Tribunal Superior do Condado de Los Angeles (EUA), Brenda Penny, foi proferida 13 anos após o início do regime que colocou o pai da cantora pop, Jamie Spears.

O pai ocupava o cargo desde o ano de 2008, vigiando os bens de sua filha e controlando grande parte de sua vida pessoal e profissional.

https://inmagazine.ig.com.br/post/Bianca-Dominguez-refaz-depoimento-sobre-morte-de-Mc-Kevin

https://inmagazine.ig.com.br/post/Solteirice-faz-Carla-Diaz-seguir-seus-objetivos

https://inmagazine.ig.com.br/post/Alinne-Moraes-afirma-ter-boa-relacao-com-Caua-Reymond-seu-ex-nas-gravacoes-de-Um-Lugar-ao-Sol

A artista se posicionou publicamente contra a tutela, chamando-a de abusiva e pedindo ao tribunal para encerrar o acordo.

 

Após a decisão, Sam Asghari, o noivo de Britney Spears, fez uma publicação em suas redes sociais: “Liberdade”.

 

"Bom Deus, eu amo tanto os meus fãs, é uma coisa louca!!! Eu acho que vou chorar pelo resto do dia. Melhor dia de todos... Louvado seja o Senhor... Posso ganhar um amém?", publicou Britney no Twitter após a decisão.

 

“A história foi feita hoje. Britney está livre!”, escreveu Asghari.

 

Em setembro, a juíza Brenda Penny suspendeu o pai da cantora, Jamie Spears, como guardião de seu patrimônio estimado em US$ 60 milhões (aproximadamente R$ 300 milhões) e designou um substituto temporário.

 

A parte que representa a cantora pop protocolou documentos que pressionam a juíza Brenda Penny no dia 28 de outubro.

 

"A Sra. Spears fez saber seu desejo sobre o fim da tutela que ela sofreu por tanto tempo e ela pediu a este Tribunal 'deixá-la ter sua vida de volta', sem uma avaliação (médica), recentemente comparecendo a duas audiências no Tribunal e pedindo diretamente para acabar com a tutela", afirma, Mathew Rosengart, seu advogado. 

 

A equipe de Jamie também deixou claro que o pai não pretende continuar como tutor da filha.

 


Britney Spears e seu pai, Jamie Spears (Foto: Reprodução/HugoGloss)


 

"Jamie ama e apóia incondicionalmente sua filha. Ponto final. Como ele fez por toda a vida dela, Jamie fará tudo o que puder para protegê-la e cuidar dela. Nos últimos 13 anos, isso incluiu servir como seu conservador. Agora, significa acabar com a tutela dela", afirmou Jamie nos documentos.

Foto destaque: Britney Spears. Reprodução/Istoé