Esportes

Após jogar mal contra o Everton, São Paulo adia sua classificação às oitavas da Sul-Americana

06 Mai 2022 - 08h37 | Atulizado em 06 Mai 2022 - 08h37
Após jogar mal contra o Everton, São Paulo adia sua classificação às oitavas da Sul-Americana

Na noite desta quinta-feira (05), o São Paulo enfrentou o Everton-CHI pela quarta rodada da fase de grupos da Copa Sul-Americana. A partida, que aconteceu no estádio Sausalito, no Chile, terminou com o placar empatado em 0 a 0. O resultado deixa o São Paulo em uma situação tranquila na Sul-Americana, mas não foi o suficiente para garantir a classificação do time paulista ao mata-mata.

O começo da partida foi marcado por pequenas confusões. Logo nos primeiros minutos, Riquelme acertou Marquinhos, que acabou caindo em campo. Igor Vinícius, jogador do São Paulo, não gostou da atitude do adversário e partiu para cima para cobrar explicações de Riquelme. O árbitro Fernando Rapallini interviu. 

O São Paulo entrou em campo com uma escalação reserva e, sem dúvidas, teve um dos seus piores momentos na atual temporada. Não conseguindo criar boas oportunidades, o Tricolor Paulista viu o Everton pressionar em campo, arriscando uma finalização aos 14 minutos do primeiro tempo, mas Jandrei conseguiu parar o ataque. Minutos depois, Di Yorio também tentou um chute a gol, mas a bola foi para fora. 

Aos 22 minutos, Luciano tentou iniciar um ataque contra o time chileno, mas foi parado pela zaga do Everton. A primeira boa chance da equipe de Rogério Ceni foi criada apenas aos 30 minutos do primeiro tempo, quando Patrick teve a posse da bola e até conseguiu finalizar a jogada com um chute ao gol chileno, mas a bola saiu por cima.


São Paulo 0 x 0 Everton, melhores momentos (Reprodução: Youtube/Conmebol)


Uma nova chance surgiu para o time paulista, aos 37 minutos. Luciano até balançou a rede marcando o primeiro gol do São Paulo, mas um impedimento foi marcado e o gol anulado. Entretanto, a jogada foi duramente criticada por Rogério Ceni e por Luciano, mas como nessa fase do campeonato o VAR não é utilizado, o lance não foi analisado e o resultado mantido.

O time paulista não conseguiu avançar o jogo depois disso, cometendo erros e abrindo chances para o Everton contra-atacar. No final do primeiro tempo, o São Paulo ainda sofreu dois sustos. O primeiro quando Cuevas conseguiu fazer um chute em direção ao gol paulista, mas Jandrei defendeu e o segundo com Madrid, que recebeu um cruzamento que assustou o goleiro são paulino, mas não chegou a balançar a rede.

A segunda metade do jogo começou mais intensa do que o primeiro tempo. Aos dois minutos, Barroso finalizou depois de uma cobrança de escanteio, assustando a defesa chilena, mas a bola mais uma vez não entrou. O Everton conseguiu criar mais uma chance que deixou o São Paulo em situação de perigo. Valenzuela recebeu um cruzamento, mas errou o chute e a bola saiu por cima do gol.

A partir daí, a partida foi uma sucessão de chances feitas e erros cometidos. O São Paulo criou mais quatro oportunidades de finalizar suas jogadas com a bola na rede, mas todas foram frustradas pela defesa do Everton.

O time chileno ainda teve mais duas oportunidades de marcar e abrir o placar do jogo. Aos 37 minutos, Di Yorio recebeu um passe, bateu de primeira, mas a bola foi para fora. Aos 41, Cuevas cobrou uma falta que passou muito perto do gol do São Paulo, mas também não balançou a rede.

No final, a partida terminou com um rendimento baixo da equipe do São Paulo, que não conseguiu se impor durante a partida, terminando com o placar de 0 a 0. 

O próximo jogo do Tricolor Paulista acontece neste domingo (08), às 19h. O time de Rogério Ceni enfrentará o Fortaleza, no Castelão, pela quinta rodada do Campeonato Brasileiro.

 

Foto destaque: São Paulo e Everton-CHI empatam em 0 a 0 pela Sul-Americana (Divulgação: Martin Bernetti/AFP)