Esportes

Árbitro Crivellaro diz chorar de alívio por estar vivo após agressão sofrida

25 Nov 2021 - 13h05 | Atulizado em 25 Nov 2021 - 13h05
Árbitro Crivellaro diz chorar de alívio por estar vivo após agressão sofrida

O Ministério Público do Rio Grande do Sul (MP-RS) condenou o jogador William Ribeiro por agredir o árbitro Rodrigo Crivellaro em partida da segunda divisão do Campeonato Gaúcho no início de outubro. O jogador William tentou, posteriormente, um grave homicídio. Felipe Cano, o representante responsável pelo caso, entende-se haver motivos suficientes para classificar a agressão como uma "futilidade tentativa de homicídio". No entendimento do deputado, Guilherme arriscou fatalmente e acertou o árbitro Rodrigo Crivellaro com um chute, mesmo depois de já ter caído com o soco inicial.

"William lançou um soco. Nessa hora o Rodrigo já cai inconsciente e o jogador agressor continua com uma sequência de chutes nele. Esse também é o entendimento que me levou a processa-lo. Ele (William) socou e o árbitro caiu instantaneamente. Ele já estava machucado, mas não, William seguiu atrás e o chutou na cabeça. O jogador é um atleta profissional e sua força nas pernas é maior que a das pessoas comuns. Ele arriscava matar. Felizmente, ele não matou, mas arriscou." Informou o delegado ao ge


Jogador William agride árbitro(Foto:Reprodução/otempo)


 A investigação também exige que o árbitro Rodrigo Crivellaro faça um relatório complementar para verificar se ele ficará lesionado permanentemente em decorrência da agressão. William Ribeiro foi condenado a não jogar há dois anos pelo Tribunal de Justiça do Rio Grande Sul (TJD-RS) por uma série de socos e chutes contra o juiz no dia 4 de outubro, enquanto São Paulo-RS e Guarani-RS se enfrentaram na segunda divisão do Campeonato Gaúcho.

https://inmagazine.ig.com.br/post/Trofeu-raca-negra-entrega-premio-para-diversos-nomes-e-faz-historia-com-mais-uma-edicao

https://inmagazine.ig.com.br/post/Novo-filme-de-Homem-Aranha-promete-combates-extraordinarios

https://inmagazine.ig.com.br/post/Novo-album-de-Lagum-memorias-ganha-data-de-estreia

Após o atentado, Crivellaro perdeu a consciência e teve que ser levado de ambulância ao hospital, tendo alta no dia seguinte. O árbitro está se recuperando em sua casa, em Santa Maria, no Rio Grande do Sul e ficará pelo menos três meses afastado do futebol e neste período deverá usar colar cervical.

 

Fotodestaque:  Árbitro Rodrigo Crivellaro. Reprodução/RBS TV

Mais Lidas