Esportes

Athletico carimba vaga na final em noite mágica no Maracanã

28 Out 2021 - 16h47 | Atulizado em 28 Out 2021 - 16h47
Athletico carimba vaga na final em noite mágica no Maracanã

Na partida de ontem, válida pela semifinal da Copa do Brasil, o Athletico Paranaense atropelou o Flamengo por três a zero, em pleno Maracanã. Com isso, a equipe de Alberto Valentim conseguiu uma vaga na grande final, onde enfrentará o poderoso Atlético Mineiro, comandado por Cuca. 

Após o empate por dois a dois no primeiro jogo, na Arena da Baixada, o Athletico visitou o Flamengo para buscar a classificação, com uma possível tática que precisaria que o time fosse impecável para sair com a vitória, mas superou todas as expectativas. O Flamengo se deparou com um sistema defensivo muito sólido do adversário, e por muitas vezes, impenetrável. Quando a última linha defensiva do furacão era vencida, a equipe paranaense contou com a boa atuação do goleiro Santos e com a falta de capricho nas finalizações do rubro-negro carioca. 

Investigação aponta supostos crimes de fraudes no São Paulo (inmagazine.com.br)

Prefeitura publica decreto e Rio fica a um passo de liberação total nos estádios (inmagazine.com.br)

Firmino agradece técnico Klopp por elogios e se diz um jogador melhor graças ao treinador (inmagazine.com.br)

Além da competência e do empenho tático da equipe de Alberto Valentim, a falta de ideias e criatividade do time do Flamengo colaborou para tal resultado. Um Flamengo irreconhecível em alguns momentos, demonstrando uma constante ausência de ideias e abuso de jogadas, que mais pareciam improvisos. Em um total de 30 finalizações na partida, sendo 25 do time carioca e 5 do furacão, o que escancara o domínio infrutífero da equipe de Renato e a eficiência do Athletico em liquidar o jogo em poucas oportunidades criadas em contra-ataques.



A classificação foi muito comemorada pelos jogadores e pela comissão técnica, considerando que o furacão era tido como a "zebra" do confronto. O técnico Alberto Valentim ressaltou o feito em sua coletiva: "Foi muito especial. Estou muito feliz. Os jogadores deixaram tudo no campo. É importante a gente lembrar da postura antes desses jogos decisivos. Foi assim na Arena, foi nossa ideia, que era entrar de corpo e alam. Eles não deixaram nada no vestiário e tudo dentro do gramado, tudo dentro do Maracanã. Foi uma vitória espetacular e estão de parabéns. O espírito foi de um furacão, foi de guerreiros"

O treinador chegou ao Athletico muito contestado, com passagens questionáveis em seus antigos clubes, mas vem mostrando resultado para a diretoria e torcida. Para muitos, o rendimento da equipe paranaense piorou após a chegada do treinador, mas a verdade é que já são duas finais com chance real de título nesta temporada, contra o Atlético Mineiro pela Copa do Brasil e a final da Copa Sul-America, onde irá enfrentar o Red Bull Bragantino.

Foto destaque: Nikão comemorando gol feito no Flamengo. Foto: Reprodução/nhsnews

Mais Lidas