Esportes

Atlético-GO derrota o Corinthians em casa e sai em vantagem na Copa do Brasil

28 Jul 2022 - 15h00 | Atulizado em 28 Jul 2022 - 15h00
Atlético-GO derrota o Corinthians em casa e sai em vantagem na Copa do Brasil

O Atlético-GO abriu vantagem sobre o Corinthians e viu seu sonho de chegar pela primeira vez às semifinais da Copa do Brasil mais perto. No jogo desta quarta-feira, a equipe do Centro Oeste venceu o Timão por 2 a 0, com gols de Jorginho e Leo Pereira.

O Jogo

A partida começou com o Dragão em cima, visto que estava jogando em casa e queria o resultado positivo. A primeira chance do jogo foi aos oito minutos, quando Wellington Rato recebeu de Jorginho e finalizou bem, obrigando Cássio a fazer uma boa defesa e mandar a bola para a linha de fundo. 

Aos 22', saiu o primeiro gol da partida. Marlon Freitas acionou Dudu na esquerda, que passou para Jorginho, que chegou finalizando a jogada. A bola desviou em Raul Gustavo e tirou as chances de defesa de Cássio.



Jorginho marca o primeiro gol da partida. Foto: Alan Deyvid/ACG


Já no final do primeiro tempo, o Corinthians conseguiu uma boa falta, mas Roger Guedes acabou finalizando na barreira, não conseguindo levar perigo ao gol de Ronaldo.

A segunda etapa começou com boas chances para o Dragão. Aos 6 minutos, Jorginho chegou novamente com perigo ao gol de Cássio, mas pecou na finalização e a bola saiu à direita do gol. 

Após o começo de pressão do Dragão, o Timão tentou ensaiar um empate e chegou com perigo com Giuliano. O meio-campista recebeu passe de Willian e chutou cruzado. A bola passou muito perto da trave de Ronaldo.

Já no final do jogo, o Atlético-GO conseguiu ampliar o placar. Após boa troca de passes no ataque, a bola chegou para Léo Pereira na entrada da área. O atacante acertou um belo chute, sem chances para Cássio e deu números finais ao placar da primeira partida.

Vitor Pereira fala após a partida

Em entrevista coletiva após a partida, o técnico Vitor Pereira, do Corinthians, lamentou o resultado e apontou a superioridade do Atlético-GO sobre o Corinthians. O técnico também apontou uma possível causa para o mau rendimento da equipe na partida: A confiança após a vitória sobre o Atlético-MG na última rodada do Campeonato Brasileiro. 

"Para mim a explicação deste jogo é muito simples. Vi uma equipe lutando em todos os duelos, jogar com a faca na boca, dividindo todos os lances, e vi a minha... Depois, a vitória em Mineiro (Atlético-MG) nos fez mal. Jogamos de barriga cheia. Não lutamos por todas as bolas, chegamos sempre atrasados, eles foram sempre mais rápidos e mais fortes na bola", reclamou o técnico. 

Sobre a partida de volta, o treinador afirmou que o grupo precisa ter uma atuação perto da que o Atlético-GO fez no jogo de ida.

"No segundo jogo em casa, temos que jogar exatamente como o Atlético jogou aqui, com a faca na boca, metendo o pé. Temos que ser agressivos em cada bola, disputar como se fosse a última, é a única forma de dar volta nesse resultado. Dois a zero é dois a zero. Vamos ter que entrar e jogar da forma que o Atlético jogou aqui. Se jogarmos da forma determinada que nem jogaram aqui, temos possibilidade. Mas temos que mudar radicalmente a forma de estar em campo em relação a hoje. Não entramos com a mentalidade, apesar de todos os avisos, que deveríamos ter entrado", apontou o técnico corintiano.

A partida de volta acontece no dia 17 de agosto, na Neo Química Arena, em São Paulo. Para o jogo, o Atlético pode perder por até um gol de diferença para se classificar para as semifinais da Copa do Brasil. Já o Corinthians precisa de no mínimo dois gols de diferença para sonhar com a classificação. 

Foto Destaque: Atlético-GO vence Corinthians na Copa do Brasil. Foto:  Alan Deyvid/ACG