Saúde e Bem Estar

Aumenta o índice de Talassemia no Brasil

12 Mai 2022 - 15h31 | Atulizado em 12 Mai 2022 - 15h31
Aumenta o índice de Talassemia no Brasil

A Talassemia é um tipo de anemia hereditária, ou seja, aquela que pode ser transmitida de pai para filho e também faz parte de um grupo chamado hemoglobinopatias (doenças da hemoglobina). Nosso sangue tem em composição milhões de glóbulos vermelhos, que são as hemácias e dentro delas é carregado a hemoglobina, que leva oxigênio para todo o corpo. Cada hemoglobina precisa ser formada por duas proteínas: alfa e beta.


Foto: Glóbulos saudáveis e não saudáveis /Reprodução: ABRASTA


Para que aconteça a Talassemia, deve haver um problema na produção das globinas, por exemplo: as células humanas têm 23 pares de cromossomos, dando 46 ao todo. No cromossomo 11, há as informações para produzir a globina beta e no cromossomo 16 é produzido a globina alfa, caso haja alguma mudança o resultado é a formação desse tipo de anemia.

Segundo dados disponibilizados pelo Ministério da Saúde, até abril desse ano, foram registrados cerca de 930 pacientes com a doença no Brasil. Dentre os pacientes, quase 40% deles tem entre 20 e 39 anos. O Serviço de Atenção Especializado em Talassemia no Brasil todo já teve por volta de 137 chamados durante os quatro meses de 2022.

Sintomas

Quem tem essa doença considerada rara, pois tem menos de 150 mil casos registrados por ano, segundo o Ministério da Saúde, tem os seguintes sintomas: anemia, fadiga, fraqueza, falta de ar, palidez, atraso no crescimento além de distúrbios cardíacos.

Tratamento

Para que a enfermidade não se agrave, é necessário o diagnóstico precoce, pois os pacientes muitas vezes precisam de doação de sangue a cada 20 dias, desde o nascimento. O acompanhamento médico pode ser feito pela Rede Nacional de Hematologia e Homoterapia (Hemorrede), cuidados pelos hemocentros coordenadores estaduais ou regionais. Se o caso se agravar além de recorrer a estes centros é necessário um tratamento especializado para realizar um transplante de medula óssea.

O Ministério da Saúde com o intuito de especializar e padronizar o atendimento e orientar os profissionais de saúde publicou o Manual de Orientações para o Diagnóstico e Tratamento de Talassemias, Caderneta da Pessoa com Talassemia e Folder Talassemias.

 

Foto Destaque: Células com Talassemia/Reprodução: Portal Marcos Santos

Mais Lidas