Beleza

Bebida alcoólica era usada para lustrar as joias da rainha Elizabeth II

22 Set 2022 - 16h00 | Atulizado em 22 Set 2022 - 16h00
Bebida alcoólica era usada para lustrar as joias da rainha Elizabeth II

A rainha Elizabeth II sempre era vista em público com joias de ouro, diamantes e outros materiais preciosos.

Em 2019, foi lançado o livro “The Other Side of The Coin: The Queen, The Dresser and the Wardrobe”. Neste, a assistente pessoal da rainha, Angela Kelly revelou o truque que deixava as peças ainda mais brilhantes: ilustrá-las com bebida alcoólica.

Angela ainda contou que era misturado gim com água e usava essa receita para limpar as joias que a monarca usaria no dia, e isto dava mais destaques aquelas peças que eram feitas de diamante.

Em uma entrevista a revista People, Kelly revelou, “Um pouco de gim e água, são úteis para dar um brilho extra aos brilhantes”, A assistente ainda falou “O joalheiro da rainha faz uma limpeza profunda nos itens quando necessário. Para mim, o truque com gim é apenas uma forma e dar uma polida rápida para que elas brilhem ainda mais”.


Rainha Elizabeth II sempre era vista com joias. Foto: Reprodução/Facebook The Royal Family


Uma coisa que sempre despertou a curiosidade das pessoas eram as joias da rainha Elizabeth, uma vez que sua coleção era considerada uma das mais caras do mundo. É necessário saber a diferença entre a coleção “da rainha” da coleção “da coroa”

A Elizabeth II, por herança, presentes ou compra, tinha aproximadamente mais de 300 itens pessoais, e tinha acesso a mais de 100 objetos e mais de 23 mil pedras preciosas, que são considerada as “Joias da Coroa”.

As joias particulares normalmente eram utilizadas nos eventos públicos, como reuniões, jantares, entre outros. Já as joias da coroa eram usadas em eventos oficiais do Estado.

O soberano ou soberano não possuem posse dessas joias, e sim custódia, pelo tempo que estiverem governando. Na coleção estão incluídos vestimentas, cetros, espadas, anéis, colares e tiaras. Atualmente, a coleção britânica é considerada uma das mais completas, com peças datadas de períodos como século XV.

Os famosos broches da Elizabeth II não ficam expostos para o público. Porém, a coleção da coroa, possui exposição permanente. É possível ver uma parte deste acervo que fica aberto para visitação na Torre de Londres.

Temos conhecimento de duas peças favoritas da monarca, entre elas a tiara “Girls of Grat Britain and Ireland”, em 1893, um presente da coleção de sua avó, que foi repassada para Elizabeth quando ela se casou. E a outra peça é o colar de diamantes conhecido como Nizam de Hyderabad, que tem o valor de aproximadamente de 70 milhões de libras esterlinas, que está emprestada ocasionalmente a nova Princesa de Gales, Kate Middleton.


 

A rainha Elizabeth usando a coroa The Girls of Great Britain and Ireland em 1952. Foto: Dorothy Wilding


Foto destaque: Rainha Elizabeth usando as famosas joias da coroa. Créditos: Victoria Jones – WPA Pool/Getty Images