Notícias

Bolsonarista mata ex-vice prefeito de Foz aos tiros

10 Jul 2022 - 16h30 | Atulizado em 10 Jul 2022 - 16h30
Bolsonarista mata ex-vice prefeito de Foz aos tiros

Marcelo Arruda, guarda municipal, faleceu nesta madrugada, domingo (10), após levar três tiros em sua festa de aniversário de 50 anos. O disparo teria sido lançado pelo bolsonarista, Jorge José da Rocha Guaranho, da Polícia Penal Federal (PPF).

Marcelo havia atuado como vice-prefeito da cidade com o PT no ano de 2020, ele serviu como diretor do Sindicato de Servidores Públicos do município, além de ser tesoureiro do PT em Foz. 
A festa de aniversário de 50 anos de Marcelo foi realizada na Associação Esportiva Saúde Física Itaipu (Aresfi), a temática seria voltada para a candidatura do Lula à Presidência. 


                      Festa de 50 anos de Marcelo Arruda. Foto: Reprodução/Oglobo.

 


Jorge José interrompeu a festa cerca de 20 minutos antes do assassinato; ele gritava “é Bolsonaro, seus filhos da p*ta”, ao lado de seu carro parado do lado de fora da Aresfi, sua esposa e filha estavam no carro. Marcelo saiu por um momento para ver o que estava acontecendo do lado de fora; nesse momento a esposa de Jorge gritava “para com isso, vamos embora”, e então o assassino fugiu enquanto gritava “eu vou voltar e matar todos vocês, seus desgraçados”. 
Marcelo pegou seu revólver funcional, dizendo “vai que esse maluco resolve voltar mesmo, eu não vou ficar desprevenido”; a festa continuou e assim como o assassino prometeu, ele voltou, dessa vez com a arma em punho, Marcelo então se identificou como guarda municipal e Jorge atirou duas vezes. 
O primeiro tiro foi na perna de Marcelo, que caiu após isso, logo em seguida veio mais um tiro, o líder do PT conseguiu se virar e revidar 5 tiros no bolsonarista. 

Marcelo Arruda faleceu pouco tempo depois, deixando esposa e quatro filhos; José segue internado no hospital em estado grave.

 

Foto em Destaque: Marcelo Arruda. Reprodução/Arquivo Pessoal.