Esportes

Brasil enfrenta Argentina em clássico que promete emoção mesmo com destinos encaminhados

16 Nov 2021 - 14h00 | Atulizado em 16 Nov 2021 - 14h00
Brasil enfrenta Argentina em clássico que promete emoção mesmo com destinos encaminhados

Na rodada de hoje (16) das eliminatórias, o Brasil enfrenta a Argentina e a partida promete ser eletrizante, como todo clássico entre as equipes costuma ser. Esse confronto também aconteceria a algumas semanas atrás, válido pela 6º rodada, mas com a polêmica envolvendo os jogadores argentinos e a Anvisa, a partida não teve continuidade, e ainda segue sem definição.

Nesta terça-feira, as seleções se enfrentam pela 14º rodada das eliminatórias, na cidade de San Juan, às 20h30 (horário de Brasília).

A seleção brasileira, já classificada para a Copa do Mundo de 2022, entra em campo com algumas incertezas. Uma delas é o rendimento de Tite, que não é unanimidade entre os brasileiros, e o substituto de Neymar na partida de logo mais, já que o craque sentiu dores musculares e foi preservado. O Brasil está invicto e é líder nas eliminatórias. Já a Argentina, que viveu momentos turbulentos nos últimos anos, mostra maior organização nos dias atuais. Com o título da Copa América sobre o Brasil e um time mais encaixado, os hermanos demonstram constante evolução para a próxima Copa. 

https://inmagazine.ig.com.br/post/Confira-as-11-selecoes-classificadas-para-a-Copa-do-Mundo

https://inmagazine.ig.com.br/post/Gremio-x-Bragantino-tudo-sobre-o-duelo-que-marca-a-33-rodada-do-Brasileirao

https://inmagazine.ig.com.br/post/Pele-homenageia-Lewis-Hamilton-apos-vitoria-em-Interlagos-Dia-glorioso

A seleção brasileira carrega sobre si uma responsabilidade enorme de vencer e convencer a todo tempo, responsabilidade essa que vem incomodando a comissão técnica de Tite, já que a torcida cobra melhor desempenho da equipe contra as seleções do continente sul-americano. Com a ausência de Neymar no clássico, a seleção de Tite perde seu melhor jogador e principal criador da equipe. Em um time que a principal crítica é a falta de inovações e criatividades, a perda do jogador mais criativo do plantel terá um grande peso na partida de logo mais.


Gol feito por Dí Maria na final da última Copa América. (Foto: Reprodução/redgol)


O Brasil não conta com as presenças de Roberto Firmino e Lucas Veríssimo, cortados da lista inicial, além de Neymar, com dores musculares e Casemiro suspenso. A provável escalação do Brasil para a partida de hoje é: Alisson; Danilo, Marquinhos, Éder Militão e Alex Sandro; Fabinho, Fred e Lucas Paquetá; Raphinha, Vinícius Junior e Matheus Cunha. 

A Argentina tem três desfalques para o clássico: Foyth, Alario e Agüero, ambos lesionados. O técnico Lionel Scaloni deverá entrar em campo com os seguintes titulares: Emiliano Martínez; Molina, Romero, Otamendi e Acuña; Paredes, De Paul e Lo Celso; Di María, Messi e Lautaro Martínez.

Foto Destaque: Éder Militão e Messi se enfrentando em clássico. Reprodução/Bolavip