Esportes

Brasil sofre virada dos EUA e se despede a Liga das Nações

20 Jul 2022 - 19h15 | Atulizado em 20 Jul 2022 - 19h15
Brasil sofre virada dos EUA e se despede a Liga das Nações

Com uma postura vibrante no inicio do jogo, o Brasil queria se mostrar forte na briga pelo titulo da Liga das Nações, mas viu os Estados Unidos comemoraram a vaga às semifinais. Em 3 sets a 1, com parciais 20/25, 25/22, 25/23 e 25/17, os americanos derrotaram a seleção de Renan da Zotto, que dá adeus à competição.

Atuais campeões da competição, os brasileiros sonhavam com uma nova conquista na Liga. A campanha imprevisível da primeira fase já dava indícios de que não seria fácil. Ainda que tenha mostrado força em alguns momentos na competição, a seleção não conseguiu se firmar. Com a derrota nas quartas, fica fora de uma disputa por um lugar no pódio.

Os Estados Unidos esperam pelo rival nas semifinais. Os americanos enfrentam o vencedor do duelo entre Polônia e Irã, que vão à quadra nesta quinta-feira, às 16h.


Brasil contra os EUA na Liga das Nações (Reprodução/ CBV)


No primeiro set a seleção brasileira iniciou o jogo com um ataque agressivo e não deu nenhuma lembrança do jogo da fase de classificação. Bruninho encontrava o trio Lucarelli, Leal e Darlan à medida. Os rivais até conseguiram diminuir a diferença na reta final. Ainda assim, o Brasil confirmou a vitória na parcial em 25/20.

No segundo set, os norte americanos aceleraram na volta de quadra. Abrindo vantagem no início, o Brasil aos poucos conseguiu voltar ao jogo. Mas apesar de todo o esforço da seleção os EUA continuaram com a vantagem no placar e finalizou o set com parcial de 25/22.

O Brasil quis voltar à melhor forma logo no inicio do terceiro set. A seleção desestabilizou o adversário e abriu vantagem, mas devido a um descuido do time brasileiro, os Estados Unidos diminuíram a distancia em passaram a frente do placar no fim do set. Fechando o placar em 25/23.

Após a virada americana tudo desandou para a seleção brasileira no quarto set. o Brasil se perdeu em quadra e, aproveitando isso, os EUA abriram longa vantagem no início. Em alguns momentos a seleção brasileira ensaiou uma reação, porem os Estados Unidos voltaram a disparar no placar, finalizando o jogo em 25/17. Dando adeus à Liga das Nações 

 

Foto destaque: Brasil e EUA na partida pela Liga das Nações. Reprodução/ FIVB