Money

Brasil terá investimento de Startup da Espanha de US$ 120 milhões

12 Out 2022 - 19h47 | Atulizado em 12 Out 2022 - 19h47
Brasil terá investimento de Startup da Espanha de US$ 120 milhões

Nesta terça-feira (11), a Factorial, startup espanhola de gestão de recursos humanos, anunciou que recebeu um aporte de US$ 120 milhões. Esta contribuição foi encabeçada por um fundo da Europa de venture capital Atomico. Além disso, o Brasil, provavelmente, será o principal destino dos recursos.

O aporte avaliou a startup espanhola em US$ 1 bilhão, o que a torna uma empresa que surgiu baseada em tecnologia, atingindo assim, esse valor de mercado. Diante disso, cinco fundos de capital de risco participaram da rodada: GIC, Tiger Global, CRV, K-Fund e Creandum.


Dinheiro será investido na Factorial (Foto: Reprodução/moneytimes)


O anúncio foi feito em um período, no qual ocorre uma desaceleração intensa de novos investimentos de grandes fundos globais de venture capital. Conforme, os juros crescentes em várias geografias do mundo para conter a inflação tem diminuído o apetite por negócios baseados em crescimento acelerado.

Jordi Romero, presidente e cofundador da Factorial, afirma que o aporte reflete parcialmente nas consequências da pandemia, com a chegada do home office e a disputa mais equilibrada por determinadas vagas para obter uma profissão, o que exige das empresas, ferramentas mais avançadas de gestão de pessoas.


Factorial recebe US$ 120 milhões de fundo europeu (Foto: Reprodução/forbes)


A Factorial, fundada em 2016, em Barcelona, vende serviços de automatização de processos como por exemplo: folha de pagamento, gestão de produtividade para empresas com em média 100 a 200 empregados e recrutamento. Esta startup tem 800 funcionários.

“Nosso serviço permite que empresas menores tenham ferramentas de gestão de pessoas parecidas com as usadas por grandes corporações, o que pode ajudá-las tanto a ganhar produtividade, mas também entender melhor como reter talentos”, disse Romero à Reuters.

A empresa espanhola, inaugurou recentemente um escritório para coordenar as operações do Brasil, em São Paulo, responsável por aproximadamente 10% de sua carteira global de 7.000 clientes. Romero tem a expectativa de aumentar em 5 vezes o tamanho da operação brasileira no ano que vem. Segundo ele, vai se tornar a mais importante do grupo. A companhia também tem unidades nos Estados Unidos, México, Reino Unido, Alemanha, Portugal, França e Itália.

 

Foto Destaque: Membros da Factorial. (Reprodução/Factorial)