Esportes

Caboclo revela que buscou Xavi para seleção mas nega promessa de substituir Tite

10 Nov 2021 - 17h48 | Atulizado em 10 Nov 2021 - 17h48
Caboclo revela que buscou Xavi para seleção mas nega promessa de substituir Tite

Mesmo afastado, o então presidente da CBF, Rogério Caboclo diz que buscava em Xavi um técnico sem vícios e negou promessa de substituir Tite do comando da Seleção Brasileira.

Suspenso até março de 2023, o dirigente gosta da ideia de profissionais estrangeiros no comando da Seleção, mas diz que apenas ventilou possibilidades de técnicos gringos dirigirem a equipe.

O atual técnico e ídolo do Barcelona, Xavi, revelou ter recebido convite de Caboclo para trabalhar na comissão técnica de Tite. A história voltou à tona após o novo treinador do Barça ser apresentado no Camp Nou e em uma entrevista de apresentação, ter citado o convite de substituir o técnico Tite depois da Copa do Mundo do Catar.

O contato entre o presidente afastado da CBF, Caboclo e Xavi, de 41 anos e apenas um time como treinador em sem currículo, o Al Sadd, ocorreu durante a disputa do Mundial de Clubes em Doha, no Catar, em fevereiro deste ano.


Xavi no comando do Al Sadd(Foto:Reprodução/Twitter).


A conversa teve início nos bastidores do evento e prosseguiu com o empresário de Xavi.

"Se aceitasse o convite, ele seria o auxiliar do técnico Tite e teria como uma das funções analisar nossos concorrentes internacionais europeus e seus jogadores em destaque na Europa. Tite e Juninho sabiam da negociação e estavam de acordo. Com uma campanha exitosa no Catar, seu histórico de lealdade intransigente e sua carreira super vencedora, Xavi poderia despontar como um novo técnico sem vícios. Se nos criticam tanto por não jogar contra os europeus, seria uma boa ideia ter um deles entre nós" – afirmou Caboclo.

https://inmagazine.ig.com.br/post/Gremio-bate-o-Fluminense-e-ganha-folego-pela-permanencia-na-serie-A

https://inmagazine.ig.com.br/post/Paulistao-2022-ja-tem-grupos-definidos-pela-FPF

https://inmagazine.ig.com.br/post/Xavi-e-apresentado-no-Barcelona-e-diz-estar-esperancoso

Caboclo sempre foi entusiasta da contratação de treinadores estrangeiros. Na CBF, sempre se ouviu que Jorge Jesus e Jorge Sampaoli, agradavam ao presidente afastado.

"Temos grandes técnicos brasileiros, embora eu não tenha nenhum preconceito com os estrangeiros, como demonstrei com a Pia. Mas nunca fiz referência aos treinadores mencionados. Acredito em técnicos talentosos, trabalho de longo prazo e no melhor que tenhamos no momento da contratação. E também exijo amor pela Seleção" - comentou Caboclo.

Foto destaque: Xavi apresentado ao Barcelona. Reprodução/Getty Images.